by

Quanto Contribuir à Previdência Social, em 2018, pelo Mínimo.

Quanto Contribuir à Previdência Social, em 2018, pelo Mínimo.

Neste artigo o Consultor em Previdência vai demonstrar os valores da contribuição previdenciária, para o ano 2018, considerando que o valor do novo salário-mínimo foi estabelecido em R$ 954,00.

Quem faz contribuição previdenciária pelo valor mínimo, principalmente aqueles que contribuem no plano simplificado e no plano família de baixa renda, já pode ter uma ideia de quanto pagará no ano 2018, pois o valor do salário-mínimo foi fixado em R$ 954,00. As contribuições previdenciárias a partir da competência 01/2018, que deve ser recolhida até 15.02.2018, serão as seguintes:

1 – Quem contribui pelo plano normal de contribuição previdenciária, que pode recolher entre o mínimo e o teto, que será fixado futuramente, deve recolher:

a) código 1007 – contribuinte individual – R$ 190,80, que equivale a 20% do salário-mínimo, R$ 954,00.

b) código 1406 – contribuinte facultativo – R$ 190,80, que equivale a 20% do salário-mínimo, R$ 954,00.


2 – Quem recolhe pelo plano simplificado de contribuição previdenciária, que contribui com alíquota de 11% do valor do salário-mínimo, deve preencher a guia com o seguinte valor:

a) código 1163 – contribuinte individual – R$ 104,94, que equivale a 11% do salário-mínimo, R$ 954,00.

b) código 1473 – contribuinte facultativo – R$ 104,94, que equivale a 11% do salário-mínimo, R$ 954,00.

3 – Quem recolhe pelo plano família de baixa renda, mais conhecido como plano das donas de casa, que contribui com alíquota de 5% do valor do salário-mínimo, deve preencher a guia com o seguinte valor:

a) código 1929 – contribuinte facultativo – R$ 47,70, que equivale a 5% do salário-mínimo, R$ 954,00.

Para preencher a guia basta acessar o site da Previdência Social e preencher os dados requeridos. Quem tem conta bancária pode programar os valores a pagar para o ano todo, assim não tem que se preocupar com a emissão da guia todos os meses, basta procurar o banco onde tem conta e pedir o serviço, que é gratuito a todos os correntistas.

Saiba mais sobre os planos de contribuição neste artigo: Planos de Contribuição ao INSS e os Benefícios oferecidos.

Caso tenha alguma dúvida acesse o Fórum do Consultor Previdenciário, clique na imagem abaixo, e faça sua pergunta que será respondida o mais breve possível.

Fórum do Consultor Previdenciário

10 comentários :

Bruna Oliveira disse...

Olá, como faço para emitir as Guias para 2018?
Fica dando o mesmo erro sempre "Salário de contribuição não encontrado para competência 01/2018", mas se justamente quero iniciar as Guias e imprimir as 12 (de jan a dez de 2018).
A competência de 12/2017 já foi paga na sexta-feira (06/jan/2018).

Consultor Previdenciário disse...

Bruna

Agora em janeiro tem que pagar a mensalidade de dezembro, só em fevereiro pode pagar janeiro.

Fernanda Mansur Psicóloga disse...

Olá bom dia!
Estou com a mesma dificuldade da Bruna.
Quero emitir as guias para pagamento (vencimento a partir de 15/02) mas aparece Salário de contribuição não encontrado para competência 01/2018.

Vanessa de Oliveira disse...

Mas por que só em fevereiro?
Pois na ouvidoria dizem que o mês vigente você pode pagar desde o dia 01, até dia 15 do mês seguinte.

Renatamvr disse...

Bom dia,

Estou na mesma situação da Bruna! quero pagar a partir de janeiro de 2018 e imprimir para o ano inteiro. Nesse caso, devo colocar a competência 12/2017? mas não pode dar duplicidade de dezembro? agradeço muito sua ajuda.

IRF58 disse...

estou na mesma situação dos comentários anteriores, minha contribuição de 01.2018 fica dando erro sempre e não consigo encontrar uma solução

Erika Arruda disse...

Também estou com o mesmo problema. Ao tentar imprimir a guia de pagamento que vence dia 15/02 aparece esse mesmo erro.

Karina Mussi disse...

Tb estou na mesma situação da Bruna, o site se recusa a imprimir a guia de janeiro por conta do valor do salário

P Alves disse...

Olá, estou com atraso de 1 semana, como pago o código 1473.

Consultor Previdenciário disse...

P Alves

É só preencher a guia com os acréscimos e pagar, veja no site do INSS, www.inss.gov.br