by

Conferir Vínculos e Contribuições à Previdência ficou fácil.

Conferir Vínculos e Contribuições à Previdência ficou fácil.

A Previdência Social mantém registro das contribuições e dos vínculos empregatícios dos segurados, porém nem tudo está correto, pode haver dados diferentes ou não lançados. O ideal é todo segurado conferir o que consta no cadastro da Previdência com os documentos que tem em seu poder.

Tirar um extrato de tudo o que há registrado na Previdência Social ficou fácil, pois dá para fazer tudo pela internet. Quem nunca usou o sistema terá que cadastrar uma senha para acesso, mas isso é feito diretamente do site da Previdência, basta digitar os dados requeridos no formulário que se apresenta ao acessar o link MEU INSS. Saiba mais sobre como obter senha neste artigo: Meu INSS, acesso ao site da Previdência é facilitado.

Depois de obter a senha é só acessar e verificar o que tem cadastrado, clicando no item Extrato CNIS, e conferir os dados com os documentos que possuir, tais como CTPS e guias ou carnês pagos. É normal não aparecer lançamentos muitos antigos, mas se tiver corretamente registrado na CTPS, ou nas guias autenticadas, serão aceitos pelo INSS.
Manter tudo conferido é importante, pois os casos com erro precisam ser comprovados com documentos que podem ser providenciados previamente, para não ter que correr quando estiver requerendo um benefício.

Caso tenha alguma dúvida acesse o Fórum do Consultor Previdenciário, clique na imagem abaixo, e faça sua pergunta que será respondida o mais breve possível.

Fórum do Consultor Previdenciário

2 comentários :

Fernando Medeiros disse...

Boa noite sou Luis Fernando minha esposa é inventariante do meu sogro que faleceu e 23/10/2013 e ela tem como pedir uma revisão da aposentadoria do pai dela para uma aposentadoria especial já que ele é falecido des de já lhe agradeço

Consultor Previdenciário disse...

Fernando

Por ser inventariante acredito que não lhe dê direito a pedir revisão de benefício já cessado, somente o pensionista pode requerer alteração em benefício, mas ela pode ir ao INSS e ver o que eles dizem.