by

Atividade de Professor não é Especial na Aposentadoria Comum

Aposentadoria Especial do Professor, Atividade Especial, Previdência Social

Neste artigo vamos tratar de como a Previdência Social usa o tempo exercido como professor quando usado para aposentadoria comum, por tempo ou por idade.

Quando um trabalhador exerce atividade de professor por tempo inferior ao mínimo necessário para obter a aposentadoria especial pode usar esse período para somar a outros tempos e obter outro tipo de aposentadoria. A atividade de professor não é considerada especial, ou seja, não dá direito a conversão como ocorre com as atividades insalubres que são convertidas para comum com um acréscimo. Saiba mais sobre atividade especial neste artigo:Atividade Insalubre nos Benefícios da Previdência.

O que quero esclarecer é que se uma pessoa trabalha como professor por um período menor do que o exigido para ter direito a aposentadoria especial de professor não terá nenhum acréscimo se for pedir o benefício de aposentadoria por tempo de contribuição. Se, por exemplo, um segurado tem 15 anos de atividade como professor terá que ter mais 20 anos para somar os 35 anos e o tempo trabalhado como professor não tem nenhum acréscimo.

Não é a atividade de professor que é especial é o professor que tem um bônus de 5 anos para se aposentar por tempo de contribuição, esse tempo de desconto é o mesmo para homens e para mulheres, assim um professor se aposenta com 5 anos de contribuição a menos que os demais trabalhadores. No cálculo da renda o professor tem o desconto do fator previdenciário, mas usa a tabela como se tivesse 5 anos a mais de tempo de contribuição. Saiba mais sobre esse assunto no artigo: Aposentadoria Especial do Professor.

Caso tenha alguma dúvida acesse o Fórum do Consultor Previdenciário, clique na imagem abaixo, e faça sua pergunta que será respondida o mais breve possível.

Fórum do Consultor Previdenciário

0 comentários :