QUERO DOAR R$ 10,00
by

Como acertar contribuição previdenciária paga com erro.

Como acertar contribuição previdenciária paga com erro

Neste artigo vamos tratar dos procedimentos que o contribuinte da Previdência Social deve adotar para acertar contribuições que tenha feita com valor menor que o mínimo e outros erros que necessitem correção junto ao INSS.

Quando um contribuinte previdenciário efetua sua contribuição com algum erro e precisa corrigi-lo terá que agendar um atendimento de acerto de contribuições e comparecer ao INSS, no dia marcado, e apresentar os comprovantes para que seja feita a regularização nos sistemas da Previdência. Tem que comparecer o próprio segurado ou mediante procuração, se for ser representado por terceiros.

Quando o contribuinte recolhe valor menor que o mínimo precisa complementar a contribuição para que seja aceita pelo INSS. Se o acerto for feito antes da data máxima prevista para pagamento da competência em questão basta recolher o valor da diferença, se for fazer após essa data terá que recolher com juros e multa. É importante salientar que o valor mínimo que a Previdência Social aceita, para ser preenchido em uma guia GPS, é de R$ 10,00. Quando o valor for menor terá que ser acrescido na próxima contribuição ou somada a outras diferenças de forma que resulte em valor igual ou maior que esse mínimo.

Quem paga contribuição sobre o salário-mínimo tem que prestar atenção que o valor muda sempre em janeiro. A contribuição de janeiro é paga até 15 de fevereiro. Quem, por engano, paga um valor menor que o mínimo exigido tem que pagar a diferença. A maneira mais fácil de regularizar a contribuição é pagar junto à próxima contribuição que for fazer. Basta fazer o cálculo do valor que pagou a menor e acrescentar juros e multa e somar ao valor normal do mês. Não esqueça de anotar na guia os valores pagos para lembrar o porquê de ter pago um valor diferente naquele mês.

Para saber o valor dos acréscimos terá que calcular no site da Previdência o valor total da parcela como se não tivesse pago nada, depois calcula o mesmo valor de acréscimos para a parte que ficou sem recolher. Por exemplo: Se a competência de janeiro de 2015 foi paga pelo valor do mínimo do ano anterior, R$ 722,00, quando devia ter pago pelo novo mínimo, R$ 788,00, terá que calcular a diferença de R$ 157,60 de R$ 144,40 (valor errado) e acrescentar esse valor, corrigido, em uma nova guia GPS.

No caso dos contribuintes que recolhem 11% do mínimo ou 5% a diferença é mínima e, por isso, se for de apenas um mês deve ser acrescida a próxima contribuição.

Caso queira saber os tipos de contribuições que existem atualmente no INSS convido que leia o artigo Como contribuir à Previdência. Caso tenha alguma dúvida use o Fórum do Consultor e faça sua pergunta. 

Fórum do Consultor. Pergunte sobre os benefícios do INSS

167 comentários :

cafs 99 disse...

Boa noite Catarino, em primeiro, obrigado pelo seu post. No meu caso, para as competências 04 e 05/2015, recolhi R$156,60 em ambos os meses, quando o correto é R$157,60 para o código de pagamento 1007. Quando utilizo o link em seu post, para cálculo da GPS, não consigo informar apenas R$1,00 como contribuição. O mínimo é R$788,00. Como devo fazer o cálculo de juros e multa? Calculo como se não houvesse pago nada, depois do valor total reduzo o valor já pago? ex: se não houvese pago nada, o side da previdência gerou um valor de R$366,31, para pagamento em 15/07/2015. Como já contribui R$313,20, faço uma GPS manual, com os códigos informados na GPS da previdência, mas com o valor da diferença? Agradeço desde ja! Cassio.

Catarino Alves disse...

Cassio
Nesse caso não tem como pagar em separado, tem que incluir o valor junto com o próximo mês, tanto pode acrescer os juros como não, pois a diferença muito pequena não irá influir.

Prof. Leandro d'Ornellas disse...

Prezado Catarino: Boa noite. Efetuei recolhimento do INSS de empregada doméstica, como de costume, no dia 15/07. Fui surpreendido pela notícia de que o vencimento passou a ser o dia 07. Logo, paguei a menos do que deveria.
É possível recolher apenas os valores de multa e juros? Como devo proceder?
Desde já agradeço. Att., Leandro

Catarino Alves disse...

Leandro
Se o valor a pagar der no mínimo 10,00 pode pagar com uma guia a parte, se der menos tem que incluir no próximo pagamento. O acréscimo é de 0,33% por dia.

Prof. Leandro d'Ornellas disse...

Muito obrigado, Catarino! Então não é necessária qualquer comunicação? Basta incluir o valor do acréscimo no próximo pagamento (competência 07/2015)?

Catarino Alves disse...

Leandro
Sim, é só isso.

Jeronima Rodrigues disse...

Boa noite, Catarino!
Paguei a competência 06/2015 em atraso, (no dia 16 de julho) porém o valor foi pago errado, paguei R$88,11ao invés de R$86,96. Gostaria de saber se o pagamento dessa competência foi invalidado? Agradeço desde já!

Catarino Alves disse...

Jeronima
Com o valor errado acabou pagando mais que o valor dos acréscimos, por isso a mensalidade vai ser apropriada normalmente.

Solange Kerecz disse...

boa tarde !!!
Por um erro de digitação , o financeiro deixou de pagar o valor de R$300,00 do INSS (campo 06) , neste caso somente faço uma guia complementar de R$300,00 (campo06) e deixo outras entidades em branco (campo 09) ??

Catarino Alves disse...

Solange
Não sei sobre os recolhimentos das empresas, tem que ver na Receita Federal.

IG.MARANATA disse...

Boa tarde sou cooperado e eles recolhem para mim como contribuinte individual, mas em 2 meses recolherem um valor menor que o devido. Ex: 113,80 como faço para recolher a diferença?

Catarino Alves disse...

Tem que emitir um guia com o valor da diferença acrescida da correção.

polamauro disse...

Bom dia, paguei INSS individual competencias 01/2015, 02/2015, 03/2015 e 04/2015 20% sobre o salario minimo de R$ 724,00 quando o correto seria 20% sobre o minimo de R$ 788,00. Como fazer para regularizar e pagar as diferenças?
Obrigado
Mauro Polla

Catarino Alves disse...

Mauro
Leia o artigo que nele explico essa situação.

Eloá Paiva disse...

Boa noite Catarino:
Desde janeiro/2002 o valor de contribuição do INSS da minha empregada doméstica está incorreto. Coloquei em débito em conta no Banco do Brasil e está sendo recolhido pelo Salário Mínimo Nacional quando o correto é o Salário Mínimo Regional que é o que eu pago aqui no RS. Penso que tenho que ir numa ag. do INSS para que me façam o cálculo. É isso mesmo? Poderias me orientar? Obrigada. Eloá

Catarino Alves disse...

Eloa
Sim, tem que ir ao INSS e pedir o cálculo do valor da diferença.

Pedro Petrachini disse...

Boa noite. Meu caso é idêntico ao relatado: paguei a contribuição no dia 15/07, sem saber que a data havia sido alterada para 07/07. Minha dúvida é: calculo a multa apenas entre 07 e 15/07 (2,64% - 8 x 0,33%) ou tenho que calculá-la até a data em que eu for fazer o pagamento da competência 07/2015 (07/08/2015) ?

Catarino Alves disse...

Pedro
Tem que calcular até o dia que for fazer o pagamento.

familia disse...

Boa noite, no mês 06/2015 eu paguei R$ 157,00 quando deveria ter pago 157,60, liguei para 135 (atendimento online do INSS) perguntando como eu poderia acertar isso, se eu poderia pagar na guia do mês 07 acrescido dos juros, ele me falou que não poderia pois e outra competência, que eu tinha que ir pessoalmente na agencia do INSS para eles calcularem o novo valor e geral uma guia, eu disse tudo isso por causa de 60 centavos? não tem outro jeito mas simples? ele disse não. Mas pelo seu site, tem sim, você pode me orientar? Obrigada

Catarino Alves disse...

Nesse caso nem precisa recolher a diferença, mas se quiser é só acrescentar o valor no próximo pagamento. No 135 eles não sabem sobre exceções, só a regra geral.

Renata Brito Marcondes disse...

Paguei o Mês Junho/2015 no dia 15 de julho, quando deveria ter sido 07 de julho. O cálculo da multa e juros hoje seria de R$ 16,86. Como faço faço para pagar esse valor?

Catarino Alves disse...

Renata
Se o valor está correto é só preencher uma guia complementar, com a mesma competência, e recolher.

Renata Brito Marcondes disse...

Onde preencho a guia online? Pq pelo programa que tenho aqui, não aceita preencher só o valor da multa.

Catarino Alves disse...

Renata
Não tem como, tem que preencher a mão o valor.

Fabricio Pereira disse...

Quantos dias de atestado e preciso pra passar pela perícia do auxilio doenca quantos dias e preciso de atestado hoje em dia ?????

taiza souza disse...

Olá,Minha mãe pagou o inss no valor de 74,58
Sendo que o valor mudou para 86,68 R$ apartir de janeiro de 2015.
No mês:
01/2015
Até. 06/2015
Ela pagou 74,58 R$
Ela vai ter q ir no inss??

Catarino Alves disse...

Fabrício
Se é empregado tem que ser mais de 15 dias.

Catarino Alves disse...

Taiza
Sim, tem que ir e pedir a guia com o valor da diferença, até que o INSS volte a atender deve seguir pagando o valor correto.

Renata Brito Marcondes disse...

Pode simplesmente acrescentar o valor da multa na próxima guia de pagamento no valor Total a pagar do INSS? Se não, tem pagar a guia preenchida à mão em lotéricas?

Catarino Alves disse...

Renata
Pode, depois tem que agendar um atendimento para pedir o acerto.

Renata disse...

Olá Catarino! Venho pagando na data incorreta desde Março de 2015
Eu pago todo dia 18 quando na verdade deveria pagar no dia 15. Como faço pra calcular os juros/multas?
Caso que tenha que ir no INSS, a funcionaria domestica foi registrada pelo meu irmão. Eu consigo comparecer no agendamento no lugar dele? Obrigada!

Catarino Alves disse...

Renata
Se pagou ao menos um mês sem atraso, o primeiro, pode preencher os juros e pagar, se sempre pagou em atraso tem que ir ao INSS, mas tem que ser o próprio empregador.

Douglas Catilaça disse...

Ola Catarino Alves Paguei uma GPS domestica com valor maior como posso fazer compensação desse valor para a guia do mês que vem ?

Catarino Alves disse...

Douglas
Vai ter que pedir a devolução na Receita Federal, não tem como compensar.

Rainer Windsor disse...

Boa noite Catarino,

Paguei as competências mês 6 e mês 7 nos dias 15 respectivos, em vez do dia 7. A empregada pediu demissão, e não haverá próximo mês para fazer o acerto. Os netbankings não aceitam apenas o pagamento da multa. Como proceder?

Catarino Alves disse...

Rainer
Tem que ver se as duas diferenças dá mais de 10 e poderá pagar em guia avulsa, terá que pagar em banco usando o número do nit.

Nette Coll disse...

Ola Catarino, descobri um erro de pagamento no meu carne: (Facultativo 1406)

Na competência de:
01/2014 paguei $ 144,80, em 02/2014 paguei $ 135,60 (valor de 2013) daí em diante foi pago normal $ 144,80 até 12/2014. Em 2015 está tudo certo pago $ 157,60.

Como calcular os juros devidos desse erro até o dia de hoje 25/08/2015.

Tenho que ir ao INSS para acertar isso ou posso calcular e pagar via internet bank?
Como devo proceder
Desde já obrigada

Catarino Alves disse...

Sim, tem que ir ao INSS e pedir o cálculo do valor da diferença

Silvana Gonçalves disse...

Prezado Catarino,

recolhi o INSS do mês de julho/15 com percentual de 8% conforme projeto aprovado no senado, só que quando pesquisei a fundo ainda não tinha mudado dos 12% para os 8% do empregador. Paguei tudo dentro do prazo mas a menor Já paguei a guia referente ao mês de agosto corretamente, ou seja com os 12%, Dai para corrigir meu erro fiz uma guia complementar do mês que recolhi a menos (07), mas o banco não aceitou e disse que o mês está vencido.
Como faço?

Catarino Alves disse...

Silvana
Deve incluir a diferença no prôximo mês e depois ir ao INSS e pedir o acerto

Priscilla Bessoni Marchete disse...

Eu paguei desde janeiro, com o valor do salario minimo de 2014 e sempre dia 15, até hoje. Como faço pra emitir a guia com essas diferenças? Eu uso um site que calcula os valores pra mim, então não tem como preencher. O que devo fazer? Este é o site que uso : http://www3.dataprev.gov.br/cws/contexto/captchar/index_cipost2.html
Obrigada, desde já!

Catarino Alves disse...

Priscilla
Não tem como emitir a guia, terá que ir ao INSS e pedir o cálculo do valor devido.

Eudy disse...

Olá Catarino.
Muito bom o seu site!
veja a minha situação (só fui descobrir hoje que o novo prazo de recolhimento mudou para o dia 07).
O valor do INSS da minha empregada doméstica é de R$ 200,00.
A competência 06/2015 venceu em 07/07/2015, mas recolhi R$ 200,00 em 13/07.
A competência 07/2015 venceu em 07/08/2015, mas recolhi R$ 200,00 em 17/08.

Entrei no site da Previdência e gerei o cálculo para recolhimento destas competências em 08/09/2015.
Os valores corrigidos foram de R$ 244,22 e R$ 221,80.
Considerando que já paguei R$ 200 de cada uma dessas competências, eu quero recolher agora apenas a multa e os juros.
Para isso, seria correto eu preencher manualmente duas GPS, uma para cada competência, 06/2015 e 07/2015, com código 1600 (empregado doméstico), e lançar apenas no campo ATM/Multa e Juros, respectivamente, R$ 44,22 e R$ 21,80 ?

Ou junto essas correções ao recolhimento que farei agora da competência de agosto? Seriam 200 + 44,22 + 22,80.

Agradeço pela sua atenção!

Catarino Alves disse...

Eudy
Se pagou dia 15 o que vencia em 07 não sei se o valor que calculou não esta muito acima do valor real, mas se tem certeza pode pagar em guia a parte ou incluir no próximo, porém a melhor opção é esperar o fim da greve e ir ao INSS e pedir o cálculo. Veja que os juros e multa são devidos somente de 7 a 15.

Eudy disse...

Obrigado, Catarino.
Realmente, o seu alerta de valor corrigido alto faz sentido: o sistema deve ter calculado a correção como se eu não tivesse pago nada e fosse pagar tudo agora. Vou esperar o fim da greve.
Saudações.

Igor Volpatti disse...

Boa noite Catarino, paguei a competência 07/2015 na data de 02/08/2015 com valor R$: 157,20, quando seria o correto 157,60, pois pago 20% do salário mínimo. Agora, na competência 08/2015 paguei na data de 08/09/2015 o valor de R$: 158,00, fiz o procedimento correto ? o código de recolhimento é o 1007. Grato.

Catarino Alves disse...

Igor
Fez certo sim, essas diferenças pequenas não afetam o direito a benefício.

Luzia Aparecida disse...

fiz cirurgia de hernia inguinal bilateral dia 25 de junho ainda nao entrei com auxilio doença,sou micro empresaria sempre contribui com inssainda posso dar entrada mesmo tendo se passado quase tres meses?

Catarino Alves disse...

Luzia
Se ainda esta incapacitada pode pedir, mas vai receber a partir do dia que pedir.

Marcus disse...

Boa noite,
Paguei o valor de 157 reais quando deveria parar 157,60. Sendo no mesmo dia, posso pagar o restante em outra guia, caso seja no mesmo dia? No caso de aceitarem no mínimo 10 reais, pagando a mais, teria problema? Muito obrigado.

Catarino Alves disse...

Marcus
Não precisa fazer nada, a diferença é insignificante.

Luzia Aparecida disse...

bom dia,eu ainda sinto dores mas estou retomando as atividades eu queria saber e se eu der entrada agora posso receber pelos meses anteriores?
LUZIA

Fernando L. Krebs Rodrigues disse...

Catarino, boa tarde;
Estou com um problemaço: descobri essa semana que estou fazendo a contrubuição do 1007 de maneira errada. Desde janeiro de 2013 continuo contribuindo sobre o mínimo de 2012 (124,40). Vi alguns casos semelhantes por aqui porém nenhum englobava tanto tempo de contribuição atrasada.
Para regularizar isso, é necessário ir até um posto INSS ou não?
Além disso, preciso pagar multa sobre a diferença que não paguei?
Obrigado pela atenção.

Catarino Alves disse...

Luzia
Não entendi sua dúvida.

Catarino Alves disse...

Fernando
Tem que ir ao INSS e pedir o cálculo, será cobrado juros e multa sobre o valor da diferença.

Luzia Aparecida disse...

Minha dúvida é, se eu recebo pelo tempo que eu fiquei imcapacitada, mesmo dando entrada só agora ou se eu perdi o direito de receber os meses anteriores por não ter dado entrada antes, sendo que o atestado é de três meses. Se der entrada agora eu recebo do dia 25 de junho ou não?

Catarino Alves disse...

Luzia
Se ainda está incapacitada recebe desde o dia que fizer o pedido.

Maria Eliece C. de A. Carvalho disse...

Boa tarde, Catarino
Trata-se de pagamento de INSS de empregada doméstica, sendo duas situações:
1ª) Eu recolhi a alíquota de 20%, quando deveria ser de 21% (salário é R$ 1.400,00)
referente os meses 02, 03, 04 e 05. (Recolhi R$ 280,00 cada mês, quando deveria ser R$ 294,00, logo a diferença é de R$ R$14,00 por mês)
2ª) O mês 06 paguei com a alíquota correta, mas fora do prazo (13/07)
Como devo fazer os acertos? Preciso ir a uma agência do INSS? Ou consigo fazer os acertos manualmente? Muito obrigada

Catarino Alves disse...

Maria
Tem que ir ao INSS e comprovar que a renda era maior mesmo, eles que emitem a guia.

Unknown disse...

Olá boa tarde. Tenho uma empresa ME. Eu era pequeno comerciante e devido a problemas financeiros fechei a loja, mas a empresa não fechei. Hoje recebi uma notícia e verifiquei no site da justiça federal que há débito na ordem de R$ 26.000 por falta de contribuição social. Minha contadora, na época, me disse que estava tudo ok. Gostaria de saber se consigo diminuir este valor e parcelar, pois não tenho nenhuma condições de pagar esta divida. Agradeço desde ja Fabio

Catarino Alves disse...

Fabio
Tem que contratar um advogado para ver esse caso.

silvia disse...

Boa noite,
Eu sou a mais trouxa das criaturas, porque só descobri hoje que paguei com atraso o INSS da minha doméstica, porque mudou para o dia 07 desde julho. Então fiquei devendo em julho, agosto e setembro... Deve ter juro, além da multa de 0,33 % ao dia, mas não li nada a repeito do juro... Pelo site não dá para calcular, porque eu paqguei o valor certinho, só que no dia errado. Que cálculo eu faço para por na guia feita a mão? E que código eu coloco? Preencho só multa e juro relativo às competências tais? A solução que o 135 me deu é ir na receita federal, mas e o tempo? Onde arrumo?
O pior de tudo é que eu sou uma pessoa relativamente bem informada, leio jornal e ouço rádio todo dia e não ouvi falar dessa mudança na época...
Se puder me ajudar eu vou ficar muuuito grata.
Silvia

Catarino Alves disse...

Silvia
Pode calcular usando 0.33% e multiplica pelos dias que ficou sem pagar e incluir o valor junto com a próxima guia, pois não tem como pagar essa diferença em guia própria.

Alexandre Luiz Fantin Carreira disse...

boa noite, tudo bem! Gostaria de saber como faço para corrigir o seguinte equívoco: Em maio efetuei o pagamento da competência 05, quando deveria ter pago a competência 04. No mês de junho efetuei o pagamento da competência 05. Isso significa que paguei duas vezes a competência 05 e não paguei a competência 04.Como faço para comprovar corrigir essa situação?
Obrigado,
Alexandre.

Catarino Alves disse...

Alexandre
Você tem que agendar, pelo fone 135, um serviço de acerto de contribuições e no dia marcado levar os dois comprovantes para que seja feito o acerto.

Dai disse...

Bom dia! Agradeço antecipadamente a sua ajuda já que não consegui informações confiáveis no 135. Observei que estou com alguns GPS de código 1600 e outros de 1007, devendo ser referentes a empregada doméstica. os valores sao iguais. há algum problema? se houver, será possível corrigir no dia q agendei para fazer acerto de contribuições que paguei duplicado? ou teria que agendar outro serviço. Obrigada novamente.

Catarino Alves disse...

Tem que pedir acerto, pois doméstica não é igual ao autônomo, pode pedir todos os acertos quando for ao INSS.

Natália Souza disse...

Boa noite... Primeiro gostaria de agradecer pelo seu post que está ajudando a tirar muitas dúvidas! Mas só gostaria de confirmar se entendi certo no caso do meu erro... Paguei sobre o valor do salário mínimo de 2014 (valor=144,80) as contribuições de fev/2015 (competência 01/2015) a set/2015 (competência 08/2015)... A partir desse mês (competência 09/2015) ja contribuí o valor correto (157,60). Para calcular o valor devido e acertar minha situação tenho que agendar atendimento pelo 135 ou consigo fazer isso on-line??
Muito obrigada pela atenção.

Catarino Alves disse...

Natália
Tem que ir ao INSS e pedir o cálculo, será dada uma guia para recolher. Tem que agendar o atendimento de acerto de contribuições.

Mix Agostini disse...

Boa tarde, Catarino!
Hoje mesmo liguei 2 x para a Central de atendimento 135 para agendar um acerto de contribuição da minha mãe, e por duas vezes as atendentes me informaram que não seria necessário agendamento, pois pra esse tipo de atendimento, é só ir a qualquer agencia do INSS entre os horários de 07 às 17hs de Seg à Sex.
Saberia me dizer se confere? Pois estou receosa de levar minha mãe até lá atoa.. e ter que voltar.
Desde já... Agradeço!

Catarino Alves disse...

Mix
Tente pela internet neste link:http://www2.dataprev.gov.br/prevagenda/OpcaoInicialTela.view
Escolha CNIS depois atualização tempo de contribuição

D' Julia Gregório disse...

Boa tarde, minha mãe trabalha com carteira assinada, e já tem o INSS descontado no contracheque. Por erro meu, gerei uma guia de recolhimento de competência 09/2015, sendo que o INSS desse mes já tinha sido descontado/pago pela empresa. O que pode ser feito. Ela deve pagar?

Catarino Alves disse...

Não precisa pagar, a emissão não tem nenhum valor documental.

Raphael Gurgel disse...

Boa noite, Catarino.
Paguei hoje o INSS referente aos meses de abril e maio deste ano da minha empregada doméstica, que estavam em atraso. Inadvertidamente, paguei com o valor do mínimo do ano passado. Como faço para pagar a diferença?
Desde já agradeço
Raphael

Alan lopes disse...

Bom dia, tenho uma empregada doméstica desde 1998 recolhia no cod 1600, em 04/2008 um contador trocou o codigo para 1473 (facultativo), agora no e-social alguém disse que estava errado preciso alterar o código e pagar a diferença? e pago os ultimos 5 anos ou tenho que pagar o período todo?

Catarino Alves disse...

Alan
Tem que ir ao e pedir a guia com o valor da diferença.
Portal do Conhecimento Previdenciário

Catarino Alves disse...

Raphael
Tem que ir ao INSS e pedir a guia com o valor da diferença.

Deise Camara disse...

Bom dia,

Primeiro quero agradecer pelo post. Estou com o seguinte problema. Estava com o INSS da minha empregada doméstica atrasado e visando regularizar emitir a guia GPS on line e paguei. O problema é que meu esposo também fez a mesma coisa e só descobrimos depois de já estarem os dois boletos pagos. com isso o INSS do período foi pago duplicado. Como podemos resolver isso? Há possibilidade de compensação nos próximos meses ou só receberei no Imposto de Renda do ano que vem?

Agradeço desde já.

Grata,

Deise Câmara

Catarino Alves disse...

Deise
Não pode compensar, pois o sistema mudou, agora é pelo e-social. Não tem nada a ver com imposto de renda, vai ter que ir na Receita Federal e fazer o pedido de devolução.

Wallace disse...

Catarino Alves ,
Estou desde de Janeiro/2015 fazendo o recolhimento sobre o salario minimo de R$ 724,00 quando o correto seria 20% sobre o minimo de R$ 788,00. Posso recolher tudo em uma unica guia a diferença e o juros ou terei que agendar atendimento na Previdencia

Catarino Alves disse...

Wallace
Tem que ir ao INSS e pedir o cálculo.
Portal do Conhecimento Previdenciário

Renata Maezono disse...

Ola,
So percebi agora que deveria recolher a previdencia da minha funcionaria no dia 07. Desde a competência de Junho de 2015 estou pagando no dia 15. Ou seja, recolhi o valor de R$ 336,00 todos esses meses porem sem a multa e sem o juros. Gostaria de saber se a multa e juros são calculados em cima desses 8 dias apenas ou até a data de agora quando farei o pagamento?

Deise Camara disse...

Catarino,
Obrigado pela resposta. Você pode me orientar sobre o que preciso levar e como proceder na Receita Federal para obter esse valor de volta?
Grata,

MARCOS PEREIRA disse...

Olá, fiz a demissão, sem justa causa, de empregador doméstico, na data de 30/09/2015, porém, na guia GPS, acabei pagando somente sobre o salário do mês, esquecendo o pagamento sobre a rescisão. Como faço para regularizar o pagamento? Aproveitando: para confirmar: tenho que pagar INSS sobre 13o. proporcional trabalhado, aviso prévio indenizado e não preciso pagar sobre 13o. proporcional indenizado, férias vencidas e proporcionais indenizadas e 1/3 de férias vencidas e proporcionais indenizadas, correto?

Grato,

MARCOS

Catarino Alves disse...

Renata
Deve calcular só pelos dias que atrasou. Segundo o site da Receita pode calcular 0.33% por dia de atraso, se o valor der menos de 10,00 pode reunir todos numa única guia. Lembre-se que a partir de outubro os pagamentos tem que ser feito pelo e-social.
Portal do Conhecimento Previdenciário

Catarino Alves disse...

Marcos
Não sei sobre os direitos trabalhistas, mas para recolher algum valor terá que fazer uma nova guia.
Portal do Conhecimento Previdenciário

Catarino Alves disse...

Deise
Entre no site da receita que deve ter orientação.
Portal do Conhecimento Previdenciário

Tinho disse...

Olá! Pago R$ 1.512,00 de salario contratual para minha empregada, desde abril de 2015 quando foi contratada. Por descuido, descontei e recolhi 8% da parte dela, quando deveria ser 9%. A parte do empregador, foi recolhida corretamente. Como recolher essa diferença de 1% ao mês somente da parte da empregada?

Obrigado.

Roberto

Catarino Alves disse...

Roberto
Tem que ir ao INSS e pedir a guia com a diferença.

Maria Augusta disse...

Olá Bom dia! Paguei duas guias 86,66 sendo o correto 86,68, preciso incluir esses centavos na próxima guia?

Catarino Alves disse...

Maria
Não precisa, pois a diferença é insignificante.
O INSS e os Tipos de Aposentadorias

Walmir Almeida disse...

Olá, boa tarde! Estou no momento desempregado, mas não quis deixar de recolher para a previdência e sou filiado desde 1984 e fui orientado pelo INSS pagar pelo código 1406 ( Segurado Facultativo) mas por um lápso meu acabei pagando 3 meses com o código 1007 ( Contribuinte Individual) que nesse caso não sou. Tem como acertar esse erro ? e pela internet? ou tenho que ir até o INSS?

Catarino Alves disse...

Walmir
Na prática não tem problema, não precisa fazer nenhum acerto, se pagou em dia e no mesmo valor está tudo certo.
O INSS e os Tipos de Aposentadorias

Bruno Calazans disse...

Boa Noite,
Estou para dá entrada no pedido de aposentadoria, mas no meu CNIS, tem um carnê do mês 05 do ano 2000 que consta como pagamento feito a menor, nesse caso, se for cobrar juros até a data atual, 13/11/2015, provavelmente ficará absurdamente alto o valor para compensar, assim, posso requerer a aposentadoria mesmo só com esse mês pago a menor? ou é obrigatório que faça a composição do pagamento para conseguir aposentar?

Catarino Alves disse...

Bruno
Pode pedir o benefício, se a diferença for muita grande e faltar tempo irão pedir a correção, mas os juros incidem sobre a diferença.

Crislane Silva disse...

Olá, paguei um gps sem o valor de outras entidades, após perceber que estava errado liguei para o 135 assistência da Previdência, e como não estava vencido a atendente me disse que poderia pagar a diferença e constaria no sistema sem dar erro. Etá certo?

Carolina Ereno disse...

Olá Catarino,
No meu caso, efetuei o recolhimento de contribuinte autônomo (competências 08,09,10,11 e 12/2013) em 04/09 e depois novamente em 16/10. Essas mesmas competências foram pagas em duplicidade e tenho os comprovantes. Como devo proceder uma vez que não posso fazer a retificação através de GFIP?
Desde já agradeço sua atenção.

Liz Lacerda disse...

Boa tarde Catarino, o banco autenticou o valor incorreto (a maior) no carnê da minha empregada doméstica o absurdo de 920,00 (erro de digitação do caixa) e não conseguem fazer o acerto internamente, porque não tem estorno para essa guia. pergunto como posso acertar nos proximos meses? recolho o mínimo de R$10,00 até compensar o valor depositado á maior?

Catarino Alves disse...

Liz
Vá ao INSS com essa guia para ver o que pode ser feito

Catarino Alves disse...

Crislane
Não sei sobre isso, deve procurar a Receita Federal.

Catarino Alves disse...

Carolina
Vá ao INSS com essas guias para ver o que pode ser feito.

Cacau Ferreira disse...

OLÁ! MINHA MÃE RASUROU O CARNÊ NA HORA DE PAGAR E PAGOU O MES DE COMPETENCIA DUAS VEZES. O QUE PODE SER FEITO? OBRIGADA

Catarino Alves disse...

Cacau
Ela vai ter que agendar um atendimento e ir ao INSS com as guias para transferir para a próxima competência.

Cacau Ferreira disse...

Obrigada pela informação! Boa noite!

Fernanda Pereira Da Rocha disse...

Olá! Paguei em 05/11 o INSS da minha empregada pelo GPS competencia Outubro/15 porém agora ao cadastrá-la no E-social estou sendo cobrada novamente. Como fazer este acerto?

Catarino Alves disse...

Fernanda
Tem que pagar pelo novo sistema e depois pedir a devolução do valor da GPS na Receita Federal.

Renata Souza disse...

Catarino, fiz o pagamento em 04/2014 e 05/2014 no valor de R$ 723,18 ao invés de R$ 724, salário mínimo vigente. O programa gerador de gps em atraso só permite emissão da guia no valor de R$ 724. Já se passaram mais de 1 ano. Como faço ? Obrigado e parabéns por ajudar tantas pessoas!

Catarino Alves disse...

Renata
Não precisa fazer nada , pois a diferença é pequena.

Cavema Cavema disse...

Boa Tarde,
Pedi para meu funcionário efetuar o pagamento do GPS na lotérica e chegando lá a moça não digitou o valor de outras entidades, mas cobrou o valor total da guia como somado tudo, como faço? agora preciso de uma certidão negativa na receita e aparece que estou devendo a entidade, como devo proceder para que devolvem o que paguei a mais? e que eu possa pagar a outra entidade?
Eliana Renata

Catarino Alves disse...

Eliana
Não sei sobre isso, procure seu contador ou a Receita Federal.

Valeria Galipi disse...

Bom dia, fiz a demissão de minha empregada domestica em 30-10-2015, fiz a guia do FGTS e paguei os 40% de multa e o saque foi feito perfeito!
Na emissão do GPS pelo E Social não consegui emitir a guia de forma alguma sempre dava erro, fui orientada no 135 a excluir o cadastro e ir na agencia da previdência chegando expliquei o caso e perguntei se não poderia ser emitida uma guia avulsa pois a empregada queria dar entrada no seguro desemprego, o atendente me respondeu que o site estava confuso principalmente para empregadas e para demissões e que se eu nao me preocupava que essa guia fosse emitida na agencia pois ela poderia me processar depois eu respondi que não que não me preocupava pois eu pagaria e teria o comprovante, bem saí de la com a guia com o código 1201 paguei e agora minha empregada esta com o maior problema pois na verdade o código que o atendente usou é de autônomo e me parece que deveria ter usado de facultativo, o fato é que o seguro desemprego se nega dar o auxilio em função deste pagamento. Voltamos a previdência explicamos o caso, foi feito um agendamento para retificação da guia , eu terei que declarar que a moca estava trabalhando para mim ate aquela data e que a guia foi emitida errada, é muito complicado de resolver a questão? Você acha que ela perdera o beneficio, por favor me oriente mesmo tendo sido um erro da propria previdência me sinto responsável! Att Valeria

Catarino Alves disse...

Valeria
A partir da competência 10/2015 o pagamento só pode ser feito por meio da guia emitida no e-social, não é opcional e obrigatório, no INSS não tem mais que ir, só se for para acertar pendências anteriores, como pagou guia é como se ela tenha voltado ao trabalho e por isso não tem direito a seguro desemprego, para arrumar isso é muito difícil, pois a guia quitada só pode ser alterada pela Receita Federal.

Valeria Galipi disse...

Difícil mas tem como?
Ja fizemos o agendamos para pedir alteração da guia vc acha possível? Já viu algum caso parecido
Afim de contas fui ao órgão pois não estava conseguindo emitir pelo e social para pedir ajuda e acabei toda enrolada...

Catarino Alves disse...

Valeria
É impossível fazer alteração, pois são sistemas diferentes, o máximo que pode fazer é pedir a devolução na Receita Federal.

Valeria Galipi disse...

Então o procedimento de retificação que a previdência deu inicio não dará em nada! Devo ir a Receita Federal e pedir o cancelamento da guia e depois começar tudo de novo via E social para emitir a guia deste mês de outubro?
O mais importante vou conseguir seja la em que órgão seja restituir o direito ao seguro para a empregada?
Desde já obrigado pela atencao

Catarino Alves disse...

Valeria
Você não entendeu ainda, emitir a guia no e-social não é uma opção é obrigatório, tem que emitir a guia, que vence segunda dia 30, e pagar, depois tem que tentar a devolução.

Admir Bongarthner disse...

Boa noite.gostaria de saber qual o procedimento para recolher o valor dos encargos incidentes sobre a primeira parcela do 13º salário, tendo em vista que já gerei e paguei a guia referente ao mês 11/2015, sem o 13º salário. Promovi a regularização no sistema. Com isso a nova guia carrega os valores informados anteriormente, ou seja, a nova guia contempla os valores que já foram pagos e a diferença a ser paga.

Admir Bongarthner disse...

Situação- guia referente ao mês 11/2015 emitida normalmente e paga. No entanto, dada a necessidade de pagamento da primeira parcela do 13º salário, o que já foi feito, surgiu a necessidade de atualizar as informações no "e-social". Da regularização resultou uma nova guia com valores diferentes da primeira guia já paga. Como o sistema não gera guia com valores parciais, qual seria a melhor solução: a) pagar a guia com o valor cheio e tentar a compensação do valor já pago, ou b) tentar recolher o valor que incide sobre a parcela do 13º salário, que não constou da guia já recolhida, mesmo com multa.

Catarino Alves disse...

Admir
A guia só aparece os encargos do FGTS da parte que pagou como antecipação do 13º, mesmo que tenha pago todo o valor não será calculado o INSS, somente o FGTS, essa guia tem que ser paga até amanhã.
Depois do dia 14 o sistema vai abrir para emitir a guia com o valor dos encargos do 13º, INSS da parte empregado e empregador.
É importante salientar que a guia emitida no e´social não tem nada a ver com o INSS, por isso qualquer erro tem que ser acertado na Receita Federal.

Ingrid Vidal disse...

Olá,minha mãe é autônoma e fez o pagamento duplo de um mês do INSS.Como devo proceder?Muitíssimo obrigada

Catarino Alves disse...

Ingrid
Tem que agendar um atendimento de acerto de contribuição e ir ao INSS para acertar.

Ingrid Vidal disse...

Muito obrigada,Catarino!!Muito obrigada!!
Só mais uma dúvida,esse agendamento de acerto de conta é feito pela internet ou tem que ir ao INSS?

Ingrid Vidal disse...

Catarino,só minha mãe pode ir ao agendamento ou pode ser um representante?

Catarino Alves disse...

Ingrid
O agendamento é feito pelo fone 135 e pode ser representada.

Sandra Elisabete Trennepohl disse...

Conheci hoje seu site e gostei muito. Parabéns! Tenho uma dúvida: Esqueci de colocar o valor da antecipação do 13º salário no Esocial e gerei a guia que foi paga considerando somente o salário de novembro.
Ontem, acessei o Esocial tentando arrumar e piorou tudo, só consegui gerar uma segunda guia com todo o valor já pago.
Posso desconsiderar esta guia e simplesmente não pagar, visto já ter pago a guia deste mês, ou vai me colocar como devedora da Receita?

Catarino Alves disse...

Sandra
Pode não pagar, a guia emitida é apenas um papel, não é um título, quando for fazer a guia de dezembro coloca o valor do 13º que o sistema irá gerar o encargo a pagar.

oblontra disse...

Boa tarde Catarino,
Paguei o esocial do mes de dezembro da minha empregada em duplicidade, em 2 bancos diferentes. Como faço para reaver o dinheiro? Tem como compensar?

Catarino Alves disse...

O esocial é com a Receita Federal, vai ter que entrar no site deles para ver se já têm alguma coisa sobre isso.

Ana Paula Ficanha disse...

Boa tarde
Minha contribuição é de 86,68, 11% sobre o salario minimo no código 1473, mas recolhi a mais no ultimo mês por engano, no valor de 157,60, tem como eu receber a diferença de volta ou compensar na próxima?

Catarino Alves disse...

Ana Paula
Vai ser muito difícil, mas pode tentar no INSS.

Leandro Sezenando disse...

Bom dia meu caso é pouco complicado meu patrão me paga. X de Salaria mas meu holerite vem menos aí ele. Paga o INSS no valor do holerite
Pedi pra que minha situação fosse resolvida mas ele está dizendo que tem que pagar multa tanto no INSS e no FGTS se eu aceitar o acordo dele de me pagar por fora
Eu vou está infligindo a lei?

Catarino Alves disse...

Leandro
Você não, só a emrpesa.

Renato Silva Reis disse...

Boa Noite.
Paguei errado no dia 08/01/2015 R$ 79,64 à competência 12/2015, pago no código 1163, agora como acerto isso, pois o valor correto é R$ 86,68 e a diferença é menor que R$ 10,00.
Obrigado.

Catarino Alves disse...

Renato
Se o que foi explicado no artigo não lhe adiantou terá que ir no INSS resolver.

Simone Prudente disse...

Catarino,
Bom dia!!

Recolhi a Competência 01/2016 no valor de 86,68, ou seja, salário minimo de 2015, sendo que o correto seria 96,80 (salario minimo 2016). A diferença é de R$ 10,12. Devo jogar esse valor na próxima Competência 02/2016? Tendo assim que recolher guia Competência 02/2016 valor R$ 96,80 + R$ 10,12 = R$ 106,92? O código de recolhimento será o mesmo em que venho recolhendo?

Aguardo retorno e desde já agradeço.

O Consultor em Previdência disse...

Simone
Pagou o mês janeiro/2016 antecipado? Pois até 15 de janeiro se paga o mês 12/2015 que é no mesmo valor dos outros meses, o novo valor é para pagar em fevereiro. SE realmente pagou janeiro terá que fazer uma nova guia com o valor da diferença, pois o mínimo é 10,00 e como não está vencido pode pagar a diferença normal.

Simone Prudente disse...

Sim,
Isso mesmo, sempre pago antecipado. Tem algum problema? No mês de Dezembro paguei a Competência 12/2015.
Bom, e como faço para pagamento da diferença, uso o mesmo código de recolhimento?

Obrigada Catarino.

O Consultor em Previdência disse...

Simone
O problema você está narrando. Tem que preencher outra guia para pagar a diferença.

Simone Prudente disse...

Ok. Obrigada pela atenção.

Victória Arcoverde disse...

Boa noite. Acho que pago errado. Minha situação: comecei a pagar como facultativo em junho do ano passado e comecei o carnê na competência 06/2015, que paguei em junho. Então, está tudo assim: Competência 06/015 pagamento feito 15/ junho; competencia 07/2015, paga em 14/julho, e assim sucessivamente, sempre respeitando o limite de dia 15 do mês. Então, pelo que estou notando, eu deveria agora em janeiro, pagar o referente a dezembro, mas em dezembro de 2015 já paguei o que eu coloquei como competência 12/2015. Fiquei confusa. O que devo fazer? Atenciosamente.

O Consultor em Previdência disse...

Victória
Vá ao INSS para ver se há alguma coisa errada.

Cristiane Maciel De Souza disse...

Boa noite! Eu entrei com o pedido de auxílio maternidade em novembro de 2015,sendo que comecei a contribuir em novembro de 2014. Meu bebe nasceu em Setembro,ou seja,tive exatamente 10 contribuições o que me daria direito ao auxílio. Porém o auxílio me foi negado pois em Janeiro de 2015 eu fiz a contribuição com o valor não corrigido,por falta de atenção ao novo salário. Minha dúvida é se eu complementar o valor acrescido de multa e juros posso recorrer?outra coisa no mês de Maio foi realizado dois pagamwbrpa da mesma competência,esse valor poderia ser aproveitado para que eu tivesse direito ao auxílio ?obrigada

O Consultor em Previdência disse...

Cristiane
Sim, pode pedir no INSS a guia com o valor atualizado, pagar e depois pedir revisão da decisão.
Doar é Participar, Faça uma DOAÇÃO e Ajude a manter este Portal

Vírna Vales disse...

Catarino , tirei uma guia pra uma pessoa com o código errado (1120) e o código correto (1163) tem os mesmos valores. Tirei a competência 01/2016 errada, mas as competências 2,3 não. O que devo fazer?

O Consultor em Previdência disse...

Virna
Se quer dizer que pagou uma guia com o código 1120 terá que agendar um atendimento no INSS para pedir o acerto.

Marcos Antonio disse...

Bom Dia Catarino, no meu caso a guia de GPS foi emitida corretamente com os valores atualizados, porém na hora do pagamento por um descuido foi esquecido de colocar os outros valores que constavam na guia para que o valor final estive-se correto. Simplificando o GPS era de 2.570,00 porem foi pago 2.270,00 como posso proceder. Desde já obrigada

O Consultor em Previdência disse...

Marcos
Pelo que diz sua guia é de pessoa jurídica e isso tem que ser tratado na Receita Federal.

Alan Durham disse...

Olá, ao preencher a guia no site do INSS de meu caseiro coloquei o ano errado das contribuiçoes (total de 12). Isso quer dizer que contribui sobre o valor errado e paguei multa em excesso. O empregado precisa também ir ao posto ou basta a minha presença?

O Consultor em Previdência disse...

Alan
Não consegui entender o que ocorreu, mas caseiro é empregado doméstico, empregado doméstico é no e-social e não tem nada a ver com o INSS, veja isso.

Alessandra Coelho disse...

Olá bom dia
Paguei dia 01/02/2016 o inss competencia 01/2016 errado com o valor de 157,60, mas seria o valor atual de 176,00. Como faço para paga a diferença? Terei que paga juros?

O Consultor em Previdência disse...

Alessandra
Como o que está escrito no artigo não lhe ajudou terá que ir ao INSS.

Tatiane Pereira disse...

Boa tarde! Paguei a contribuição competência 02/2016, com valor menor R$ 157,60, o corretor seria R$176,00, sei que devo acrescentar neste mês a diferença de R$18,40, mais os juros, mas como calculo a porcentagem desses juros? Desde já obrigada peça atenção.

O Consultor em Previdência disse...

Tatiane
Você deve ter pago o mês 01/2016, pois a competência 02/2016 só vence em 15 de março e por isso basta pagar a diferença, não há juros.
Caso não seja isso, e como o que consta no artigo não lhe ajudou, terá que ir ao INSS pedir o acerto.

Lígia Oliveira disse...

Olá!
Paguei as competências no ano de 2015 nos valores normais de cada mês. Não registrei na carteira as férias em nenhum dos meses de 2015 e não recolhi o valor sobre o abono de férias. Sendo assim, pretendo escolher o mês de setembro de 2015 para registrar na carteira da doméstica e gerar uma guia no site da previdência onde irá constar como salário base apenas o valor referente de 1/3 para que o site calcule os acréscimos. Meu raciocínio está correto?
Desde já agradeço sua ajuda. Art Ligia

O Consultor em Previdência disse...

Ligiae
Pelo que diz está falando de empregado doméstico, nesse caso tem que acessar o e-social e fazer o registro, pois desde 10/2015 as contribuições mudaram. Se pagou em guia do INSS terá que pagar tudo de novo e com juros de multa.

Lígia Oliveira disse...

Para não ter que registrar no esocial eu posso escolher outro mês. O de agosto acredito que não haveria problemas. Certo?
Após a escolha do mês, bastaria gerar uma guia no site da previdência onde irá constar como salário base da doméstica, apenas o valor referente de 1/3 (férias, sem o valor referente ao salário, pois este já teve seu recolhimento efetuado na ocasião) e então o site calcula os acréscimos. Correto?

O Consultor em Previdência disse...

Lígia
Não entendi sua dúvida, o e-social não é optativo.

Lígia Oliveira disse...

Olá!
O que ocorre conforme expliquei nos meus comentários anteriores, é que no ano de 2015 eu paguei as guias da minha empregada doméstica e não registrei em nenhum dos meses as férias. A empregada saiu de férias em diferentes períodos combinados comigo eu não devo a ela nada, mas preciso recolher em algum mês de 2015. Assim eu pretendo regularizar colocando o registro na carteira dela considerando o mês de agosto de 2015 e como eu já paguei a guia de agosto referente ao salário mínimo da época, só tenho que pagar agora o imposto relativo a o valor do 1/3 de férias. Como no mês de agosto o esocial ainda não estava valendo, eu pretendo preencher uma gps no site da previdência. O que pergunto é se o meu raciocínio está correto?

O Consultor em Previdência disse...

Ligia
Não sei sobre esse assunto.

Thais Priante disse...

Por favor, preciso encerrar uma competência, já encerrada, que reabri por engano. Reabri por engano a competência de Outubro/2015,mas não desejo alterar nada. Quando clico em Encerrar, o sistema não permite por causa da data de pagamento, então primeiramente pensei em alterar para a data atual, mas temo que calcule com juros e multa, o que ficará divergente da guia paga na época. Então fui verificar a opção que o sistema oferece: ele pede para reabrir a de novembro, voltar para outubro, alterar o que supostamente eu queira depois encerrar, mas acredito que se fizer isto terei problema para encerrar a de novembro, e o problema irá continuar. Como devo proceder? Como encerrar a competência novamente sem realizar nenhuma alteração que venha a comprometer futuramente? Ah, quando simplesmente sai do sistema ele manteve a sessão como em edição. Por favor, aguardo uma ajuda

O Consultor em Previdência disse...

Thais
Não sei do que se trata, pois no INSS não existe isso que fala.

alex disse...

pago o inss corretamnete no valor de 11% da contribuição pago como facultativo e aposentar por idade mas reparei que pago o codigo errado 1406 nunca atrasei sera que é só mudar o codigo na guia para 1473 que é o correto

O Consultor em Previdência disse...

Alex
Terá que agendar um atendimento de acerto e levar os comprovantes para pedir que mudem o código. Daqui para a frente pode seguir pagando no código certo.

Tania Afonso disse...

Prezado doutor Catarino.
No ESOCIAL de fevereiro aumentei minha emprega e fiz o recolhimento correto. Em março qdo emiti a guia ela calculou sob o salario sem reajuste. Agora em abril queria acertar isso... Mas não sei como, pois não há meio de faze-lo dentro do esocial.

O Consultor em Previdência disse...

Tania
O e-social é novo e possui muitas falhas, não sei como deve proceder, mas pode acrescentar o valor que pagou a menor neste mês e pagar e depois acerta para seguir pagando certo.
QUERO DOAR R$ 20,00

Explorando Blog disse...

Prezado doutor Catarino,
Estava contribuindo para a previdência com o código 1007 com o teto máximo. Em janeiro o teto mudou para a cobrança que estava em débito automático não mudou automaticamente. Como faço para pagar a diferença de Jan/16, Fev16? Março 16 já estou contribuindo com o valor correto.
Obrigada.
Angela

O Consultor em Previdência disse...

Angela
Não tem como pagar valor complementar, o INSS só aceita para atingir o mínimo, nesse caso só poderá pagar pelo teto o mês 03/2016 que ainda não venceu.
QUERO DOAR R$ 20,00