by

Como pedir prorrogação do benefício de auxílio-doença no INSS.



Quando o segurado do INSS requerer o benefício de auxílio-doença é encaminhado à perícia médica que decide se tem direito e por quanto tempo. Quando o benefício é concedido a perícia médica fixa uma data para o seu encerramento. Nesse dia o benefício cessa e o segurado deve retornar ao trabalho. Quando na data fixada para a cessação do benefício o segurado não se sente em condições para retornar ao trabalho pode pedir prorrogação do benefício.

O pedido de prorrogação deve ser feito nos últimos 15 dias antes da data fixada para a cessação do benefício. Não há limite para os pedidos de prorrogação. Quem perde o prazo para pedir prorrogação ou tem o pedido negado pode pedir reconsideração que é o direito de ser reexaminado pela perícia médica para que a decisão anterior possa ser modificada. Um fato importante é que o pedido de reconsideração só pode ser feito uma única vez e o prazo é de até 30 dias após a cessação do benefício. Quem perde o prazo de reconsideração, ou já utilizou anteriormente, terá que esperar passar 30 dias da cessação e fazer um novo pedido.

Tanto o pedido de prorrogação tanto o pedido de reconsideração deve ser feito pelo telefone 135 ou pelo site da Previdência Social. Ao ligar para o telefone 135 é preciso ter os dados do benefício e caneta e papel para anotar o dia e hora marcada e o protocolo do pedido. Os dados para preencher o formulário do site são: número do benefício, nome do requerente, data de nascimento e o CPF.

Quando o segurado faz o pedido de prorrogação o INSS deve continuar pagando o benefício, no mínimo, até o dia marcado para a perícia. No caso de reconsideração o benefício só é pago se a perícia concordar em reativar o benefício. Caso queira fazer o pedido de prorrogação por meio do site da Previdência é só clicar neste LINK




Saiba mais sobre os benefícios do INSS no blog: BENEFÍCIOS DA PREVIDÊNCIA

Fórum do Consultor. Pergunte sobre os benefícios do INSS

39 comentários :

  1. Bom dia gostaria de saber se tem que ser feito exatamente 15 dias antes, ou é dentro desses 15 dias, exemplo... se o beneficio vai terminar dia 5 de julho, eu tenho do dia 20 de junho até dia 5 de julho para fazer o pedido? ou tem que ser exatamente 15 dias antes, que vai dar dia 20 de junho.?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo.
      São nos 15 dias anteriores, no seu exemplo pode pedir a partir do dia 21.

      Excluir
    2. Minha dúvida é se eu só tenho o dia 21 para marcar, ou conta entre o dia 21,22,23... até o dia 5, é dentro desses 15 dias que conta? obrigado.

      Excluir
    3. Paulo
      Com disse antes, desde o dia 21 pode pedir, mas não precisa ser no dia 21.

      Excluir
  2. Bom dia Sr Catarino. fazendo o pedido de prorrogação, eu continuarei recebendo meu benefício normalmente até o dia da perícia? obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo
      Sim, com o pedido de prorrogação o INSS continua pagando.

      Excluir
  3. eu fiz o pedido de reconsideraçao e a pericia ta marcada para setembro eu continuo a receber o beneficio ou vou ter que espera o dia da pericia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não recebe, no caso de pedido de reconsideração só é pago se for aprovado na nova perícia.

      Excluir
  4. bom dia,eu fraturei a mao,dai nao conseguir pegar um atestado de 15 dias,fico pegando aos poucos ate completar os 15 dias.como vou proceder para dar entrada no beneficio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maurício
      Quando passar os 15 dias que a empresa paga terá que agendar perícia no INSS.

      Excluir
  5. Prezado Sr. Catarino.
    Se eu formalizar o primeiro Pedido de Prorrogação dentro dos últimos 15 dias e a nova perícia for marcada para depois da data final do benefício (auxílio doença), vou ficar, no mínimo, recebendo até a realização da nova perícia independentemente do Pedido de Prorrogação ser considerado deferido ou não? Ou seja, se a nova perícia indeferir o meu PP eu terei que restituir pelo período compreendido entre o final da data do deferimento inicial ou apenas terei que voltar ao trabalho no próximo dia?
    Por oportuno, o parabenizo e agradeço pelos esclarecimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesse caso vai receber até o dia da perícia e terá que voltar ao trabalho no dia seguinte e não tem que devolver nada ao INSS.

      Aposentadorias

      Excluir
  6. Prezado Dr. Catarino.

    Quando o benefício Auxílio-Doença é deferido com o reconhecimento do nexo entre a agravo e a profissiografia, concedido em espécie acidentária (91) a empresa (pública, no caso) é obrigada a abrir CAT? E se ela não abrir? Terei que procurar um advogado especialista em previdência para me assessorar, abrir a CAT, etc?

    Obrigado.

    Sds.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rairan
      A empresa não é obrigada, a decisão do INSS substituiu a CAT para todos os efeitos.

      Excluir
  7. Muito esclarecedor e sem complicações.Obrigada.

    ResponderExcluir
  8. olá Dr Catarino Alves! Retirei um cisto pilonidal no cocix no dia 03/04/2014 e estou afastada até 0 dia 03/08/2014,gostaria de saber como funciona o pedido de prorrogação,pois a minha cirurgia não esta fechada ainda,e não me sinto em condições de voltar a trabalhar,sou fiscal de caixa....Tenho que pedir a prorrogação hoje,pois tem que ser 15 dias antes.desde já agradeço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Girlene
      São 15 dias antes da data prevista para cessação, antes não pode e hoje, pelo que diz, falta mais de 15 dias.

      Excluir
  9. Bom dia doutor, meu beneficio vence dia 08/08, sei que até 15 dias antes eu já posso pedir prorrogação, mas eu posso fazer o pedido de prorrogação 2 dias antes do vencimento do beneficio no dia 06/08, e eu continuo recebendo o beneficio até a próxima pericia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo.
      Pode sim, até um dia antes do vencimento.

      Excluir
  10. Gostaria de saber como entro no link da concessão da carta de beneficio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja neste link: http://www.consultor-online.com/2014/06/carta-de-concessao-de-beneficio-do-inss-pela-internet.html

      Aposentadorias

      Excluir
  11. Estou com afastamento médico devido a gravidez de risco. Minha médica vai fornecer atestados médicos de 30 em 30 dias até o final da gravidez.
    A primeira perícia está agendada para 11/08, data posterior ao vencimento do primeiro atestado.
    Como já estou de posse do segundo atestado de 30 dias, como devo proceder?
    Devo agendar nova perícia mesmo sem ter feito a primeira, devo solicitar prorrogação mesmo sem ter passado pela perícia ainda ou devo apenas aguardar a primeira perícia e apresentar os dois atestados nesta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eli
      Não tem que fazer nada, no dia da perícia mostre os dois atestados.

      Excluir
  12. Boa tarde Dr. Catarino. Muitíssimo útil sua ajuda aqui. Estou finalizando um tratamento de câncer de mama e estava afastada pelo Inss até o dia 18/08/14. Acontece que fiz a cirurgia dia 23/07/14 e tenho um atestado do médico de 30 dias (até 21/08) e acabei de receber outro até 20/09. Meu médico me informou que muito provavelmente estarei em apta ao retorno do trabalho após esse último atestado. 15 dias antes do término do meu afastamento pelo Inss eu agendei a perícia para a prorrogação do nenefício, só que a disponibilidade foi somente para janeiro/2015. Como voltarei a trabalhar bem antes disso gostaria de saber o que tenho que fazer... Preciso comparecer nessa perícia mesmo tendo voltado a trabalhar? Qdo me apresentar na empresa dia 21/09/14 preciso levar alguma coisa além desses dois atestados? E se tiver que comparecer na perícia o que preciso levar? Agradeço muito sua ajuda! Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ju
      Não vai poder retornar ao trabalho antes da perícia, pois a empresa precisa da alta do INSS. Vai continuar a receber pelo INSS até o dia da perícia.

      Excluir
  13. Boa tarde Dr. fiz o pedido de prorrogação no mês passado, foi marcada uma nova perícia para o dia 15 deste mês, já me sinto ápto para voltar pro trabalho, minha dúvida é se estes 15 dias deste mês que estou esperando até o dia da perícia, eu vou receber no próximo pagamento de outubro? mesmo não levando nenhum laudo ou atestado médico recente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo
      Se já está curado o benefício deverá ficar ativo até o dia da perícia e vai receber os 15 dias sim.

      Excluir
  14. oa noite, Dr.

    Estou com sérios problemas na minha coluna cervical e lombar, com indicação cirurgia. Após afastamento do trabalho, fiz a perícia e permaneço de licença pelo Inss até o dia 30/09/2014. Sendo que como não estou bem para retornar o trabalho e ainda não concluí os exames para a cirurgia, solicitei hoje dia 29/09/2014, prorrogação de minha licença ao Inss e foi marcada a prorrogação para o dia 19/11/2014.

    Mas quando verifico a situação do benefício tem a informação de BENEFÍCIO CESSADO, e fiquei preocupada, pois a data da nova perícia está marcada para o dia 19/11/2014, e até lá, ficarei sem pagamento até novembro ou recebo normalmente, fiquei sem entender essa condição de "Beneficio cessado", observei isso no site do Inss, quando faltavam 10 dias para o término do benefício que será no dia 30/09/2014.

    O sr. poderia tirar essas dúvidas? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deise.
      Se fez o pedido de prorrogação antes de ter cessado o INSS irá continuar pagando até o dia da perícia, se isso não ocorrer tem que ir ao INSS e reclamar.

      Excluir
  15. fiz uma cirurgia i ja faz 46 dias que estou afastado so que minha pericia estar marcada para depois que voltar ao trabalho como vou fazer para receber esse perildo que fiqueiu de atestdo que foi de 60 diuas ainda nao recebir nada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bismarque
      Só vai receber depois da perícia feita e só pode retornar ao trabalho depois da alta dada pelo INSS.

      Excluir
  16. Ola boa noite eu estou afastada do trabalho pela segunda vez esse ano o primeiro afastamento foi em janeiro fui encaminhada para o inss e quando foi em 10 de março retornei ao trabalho. Já no dia 20 de maio mais uma vez fui encaminhada para o inss e já estou em casa faz mais de 4 meses. Eu prorroguei a minha pericia e pelo visto só irei retornar ao trabalho final de dezembro e a empresa que eu trabalho da férias coletiva sempre no final de dezembro será que eu terei direito as minhas ferias ou não por estar afastada a mais de 4 meses do trabalho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol
      Quem está em licença médica não tem direito a férias, o tempo afastada não conta.

      Excluir
  17. Sr. Catarino, passei por uma perícia que foi indeferida pois a médica disse que faltava um laudo, apesar de não estar em condições de trabalhar. Fui atrás desse laudo e entrei com o pedido de reconsideração. Caso agora seja deferido o benefício de auxílio doença, o pagamento é retroativo à data da primeira perícia não deferida? Estou com minhas contas atrasadas! Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tania
      Vai receber desde a data inicial em que fez o pedido.

      Excluir
  18. Tive deferimento de afastamento pelo Inss até 25/11, tendo em vista gestação de risco.
    A dúvida é caso o bebê nasça antes de 25/11, como proceder, devo solicitar o cancelamento do benefício do Inss e entrar com a licença maternidade ou a licença contará apenas após o fim do benefício?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eli
      A licença inicia no dia do parto, o auxílio-doença tem que cessar no dia anterior.

      Excluir

Deixe seu comentário sobre o blog, caso queira tirar uma dúvida use o Fórum do Consultor, é só clicar na link abaixo:
Fórum do Consultor

Postagens populares