by

Como aproveitar a regra de cálculo da renda no INSS.

Como aproveitar a regra de cálculo da renda no INSS.

Neste artigo vamos tratar de como um contribuinte pode aproveitar a regra usada pela Previdência Social para calcular a renda mensal dos seus benefícios de forma que possa contribuir, por um período, sem ser prejudicado no momento de obter um benefício.

O INSS usa, para fazer o cálculo da renda dos benefícios, somente 80% do total de contribuições feitas desde 07/94 escolhidas pelas maiores. Isso significa que 20% serão desprezadas, assim é possível pagar uma quantidade de contribuições pelo mínimo sem ter o cálculo da renda prejudicada. Saiba mais sobre esse assunto no artigo: Como é calculada a renda dos benefícios do INSS.

Explico que isso por que muitas pessoas me dizem que sempre pagaram pelo teto e, faltando alguns anos para terem direito a aposentaria perdem o emprego e querem continuar contribuindo, mas não querem pagar muito e nem perder a média das suas contribuições já feitas.


Para saber quantos meses é possível pagar pelo mínimo sem perder na hora do cálculo da renda o interessado terá que fazer um cálculo bem simples. O cálculo inicia no mês 07/94 e vai até o último mês pago antes da data do pedido do benefício. Conte quantos meses há no intervalo acima e calcule 20%. O número encontrado será a quantidade de contribuições que poderá fazer pelo mínimo sem que o cálculo da renda seja prejudicado.

Quem iniciou suas contribuições após o mês 07/94 deve considerar como mês inicial o mês que pagou a primeira contribuição em dia. Conhecer esta regra de descarte de contribuições é importante para quem fica algum período sem emprego e não quer deixar de contribuir e, por estar desempregado, não tem condições de pagar valor mais elevado.

Caso tenha alguma dúvida acesse o Fórum do Consultor Previdenciário, clique na imagem abaixo, e faça sua pergunta que será respondida o mais breve possível. 

Fórum do Consultor Previdenciário

2 comentários :

João W. Ninin disse...

Mas pela proposta de reforma da Previdência em tramitação no Congresso esta regra será extinta, não? Ou seja, para o cálculo da renda mensal serão considerados todas as contribuições independente do valor delas.

Consultor Previdenciário disse...

João

O que vai mudar não se pode falar, pois está tudo parado.