by

Contribuições ao INSS em 2013 devido ao novo mínimo.


Contribuições ao INSS em 2013 devido ao novo mínimo.

Com o anúncio do novo salário-mínimo no valor de R$ 678,00 para o ano de 2013, começa a valer em janeiro, as contribuições de quem paga pelo mínimo (donas de casa e contribuintes individuais que optaram pelo plano simplificado de previdência) também se altera.

Obs: Caso esteja procurando os valores de contribuição para 2014 convido que veja neste artigo: Reajuste do salário-mínimo para 2014 altera contribuições ao INSS.

Quem tem benefício cuja renda mensal é paga pelo valor do salário-mínimo irá receber na competência janeiro, que é paga no final de janeiro e no início de fevereiro, o novo valor (R$ 678,00).

As donas de casa que contribuem com 5% irão pagar na competência janeiro de 2013 o valor de R$ 33,90. Devem preencher esse valor quando forem pagar a competência 01/2013 que é paga até 15 de Fevereiro de 2013.

Os contribuintes individuais que optaram pelo plano simplificado de previdência, que pagam 11%, devem pagar R$ 74,58 na competência 01/2013 que é paga até 15 de Fevereiro de 2013.

Para os contribuintes individuais que pagam 20% ainda não foi publicada a tabela completa, pois depende do reajuste que será dado aos aposentados que ganham mais de um salário-mínimo de renda mensal. Nesse caso quem paga o valor mínimo terá que contribuir com R$ 135,60 na competência 01/2013 que é paga até 15 de Fevereiro de 2013.

Caso tenha alguma dúvida use o Fórum do Consultor e faça sua pergunta.



Saiba mais sobre os benefícios do INSS no blog: BENEFÍCIOS DA PREVIDÊNCIA

164 comentários :

Karine disse...

Sr.Catarino, preciso da sua ajuda! Minha carteira só foi assinada 2 vezes. Aos 17 anos mas só com 2 meses de contribuicão.Sempre trabalhei avulso,por isso não contribuí por 15 anos. Em 13.02.12 fui contratada com carteira assinada.Tô com depressão,no dia 14.12.12 fui ao psiquiatra,que me deu um atestado de 30 dias.Vou marcar a perícia dia 29.12.12 pra solicitar o auxílio doença. Como não tenho 12 meses de contribuição nesse emprego,gostaria de saber se os 2 meses de contribuição do meu primeiro emprego podem ser somados para completar o tempo de carência. Se eu receber o benefício por 15 dias e depois do final do benefício eu retornar ao trabalho e for demitida sem justa causa,posso dar entrada no seguro desemprego ou perco o direito por ter recebido auxílio doença? Aguardo sua resposta!

Consultor Previdenciário disse...

Karine
Se o emprego que consta na carteira foi registrado no INSS será somado para atingir a carência.
Sobre o seguro desemprego terá que ver as regras no órgão que faz o pagamento, mas não tem nada a ver com o auxílio-doença, só não pode receber os dois ao mesmo tempo.

MONU disse...

Sr.Catarino boa tarde,preciso de uma orientação.Fui cadastrado no Pis em 1982.
Em 2006 fiz um novo cadastro NIT como autonomo fiz apenas 02 pagamentos neste número.Posteriormente passei a fazer os pagamentos da GPS sobre o numero anterior(de 1982). Agora tento consultar no site Dataprev e somente aparece o número mais recente. Como resolvo este balaio de gato? Abraço e muito obrigado pela atenção.

Consultor Previdenciário disse...

Você terá que ir ao INSS, com os carnês pagos e pedir acerto de contribuição. Tem que agendar pelo fone 135 o atendimento.

MONU disse...

Obrigado.Feliz 2013

ana disse...

gostaria de quando pago innss com aumento aparti de qual data de janeiro

Consultor Previdenciário disse...

Ana
Não entendi sua dúvida.

Rógeres dSO disse...

Valeu brother! Os outros blogs e sites só estão colocando as donas de casa que pagam 5% e mais nada.

Unknown disse...

Sr. Catarino, meu pai paga o GPS como contribuinte individual e ele tem intenção de recolher o valor de dois salários mínimo quando aposentar. Para calcular o valor da contribuição é só tirar 20% da soma de dois salários mínimo? Ou essa categoria de contribuinte individual é impossível recolher mais do que um salário mínimo?
Obrigado!

Consultor Previdenciário disse...

Roni
Se ele paga 20% pode pagar sobre qualquer valor, é só calcular 20% do valor escolhido.
Veja quando ele vai se aposentar e quanto tempo falta para completar, pois pode ser um investimento sem o retorno esperado.
Veja:http://www.aposentadorias.net/2010/01/como-e-calculada-renda-dos-beneficios.html

Unknown disse...

Confesso que nunca me inteirei sobre o assunto e meu pai não entende muito bem como funciona, mesmo depois dele ter ido algumas vezes na previdência para pedir informações ele continua com dúvidas. Assim ele me pediu ajuda só que eu acho aquele site da previdência muito confuso.
Existe uma forma de verificar no site da previdência a quanto tempo meu pai contribui e quando ele pode se aposentar?
Obrigado!

Consultor Previdenciário disse...

Roni
Ele terá que ao INSS, pessoalmente, e pedir um extrato de vínculos e contribuições, depois confere o relatório com os carnês pagos. No sistema do INSS só aparecem contribuições de 1985 para cá, as anteriores ele tem que ter o carnê pago.
Depois desses dados ele pode fazer uma simulação de tempo, veja como neste artigo:http://www.consultor-online.com/2011/05/inss-simule-seu-tempo-de-contribuicao.html

Unknown disse...

Boa noite,contribuo a dois anos como facultativo mas agora vão assinar minha carteira.Nesse caso,como ficam esses dois anos de contribuição?Serão acrecentados ou não?Aguardo.

Consultor Previdenciário disse...

Morena
Se pagava 20% do salário-mínimo será somado normalmente ao seu tempo total.

Unknown disse...

Sr. Catarino, tenho 50 anos, e contribuo como facultativo há 6 anos com 20% do salário mínimo. Tenho 28 anos de contribuição pela empresa na qual trabalhei. Falta 1 ano para me aposentar. Compensaria aumentar o valor de contribuição para ter um benefício maior ?

Consultor Previdenciário disse...

Bernard
A renda é feita pela média das contribuições desde 07/94, se pagou a maioria do tempo pelo mínimo aumentar agora de nada iria adiantar, sua média pouco aumentaria e tem a perda pelo fator previdenciário.

Unknown disse...

Olá Catarino, eu uso o carnê GPS para contribuir como autônomo, pois sou taxista, atualmente eu contribuo com R$124,40. Agora a partir de 15/02/13 eu devo contribuir com R$135,60 referente a Janeiro de 2013?

Grato.

Consultor Previdenciário disse...

É verdade, tem que pagar 135,60

Laerte Lustosa disse...

Contribuía com $783,24 até DEZ/2012. Com o novo valor do mínimo, qual o novo recolhimento (teto)?

Consultor Previdenciário disse...

Laerte
Nesse caso o valor é R$ 831,80

Simone disse...

Boa noite...
O meu esposo contribui pelo código 1120, e eu pago sempre no inicio de cada mês, no mês passado, janeiro, eu já deveria ter pago 75, mas paguei só 68,42, o que eu faço?

Marcos Silva disse...

Gostaria de saber se quem recolhe como autonomo precisa fazer a contribuição correspondente ao decimo-terceiro, uma vez que não recebo salario e não tenho decimo terceiro. obrigado

Consultor Previdenciário disse...

Marcos
Tem que pagar sim, sempre o mês de dezembro. Caso venha a ter um benefício você irá receber a parcela do 13º normalmente.

Consultor Previdenciário disse...

Simone
Em janeiro você paga o mês 12/2012 e assim é pelo valor antigo, em fevereiro você paga o mês 01/2013 e ai sim tem que pagar o novo valor. Se pagou mesmo a menor é só acrescentar a diferença no próximo pagamento que estará tudo certo.

Simone disse...

Ok Obrigada... e referente ao 13° salário, seria o pagamento dobrado? e quem não pagou em dezembro tem como pagar depois?

Consultor Previdenciário disse...

Simone
O 13º paga-se colocando na competência 13. Pode calcular os juros do site da Previdência.

Leh disse...

Olá, minha dúvida é eu pague o mês referente a janeiro de 2013 sem o reajuste do mínimo paguei no valor antigo, o que eu falo agora? Posso pagar o mês referente a fevereiro com o o reajuste + a diferença de quanto seria? obrigada

Consultor Previdenciário disse...

Não sei quanto você paga, mas pode pagar a diferença junto ao próximo mês que não terá problemas.

Ana Cleia disse...

Olá, comecei a pagar INSS pelo código 1007 referente a 20% no valor de R$ 135,60. Gostaria que me tirasse uma dúvida, esta contribuição é referente a dois salários mínimos para aposentadoria e demais benefícios do INSS? Ou seja, quando for me aposentar ou necessitar de algum auxilio receberei dois salários mínimos? Desde já agradeço.

Consultor Previdenciário disse...

Ana
O valor que pagou se refere a um mínimo, e a renda será mínima.

lidia disse...

Oi tudo bom!Me chamos Lídia e gostaria de saber como eu faço para pagar o inss de 15/02/2013, me atrasei e soube tb q almentou quero pagar amanhã dia 19/02/2013.Quem estiver onlaine e souber pode me responder?.Obrigada...tenha uma boa noite.

Leh disse...

eu paguei R$ 124,40 no mês de janeiro e agora passarei a pagar R$ 135,60 , qual seria o valor referente ao mês de fevereiro com a diferença do mês anterior? Obrigada pelos seus esclarecimentos

Consultor Previdenciário disse...

Você tem que entrar no site da previdência e fazer o cálculo dos juros, www.previdencia.gov.br

Dannyfaria disse...

Boa Tarde,

Minha Tia disse que há uma lei onde pessoas que trabalharam com familia e conseguir comprovar o vinculo pode contar para aposentadoria. trabalhei com minha tia desde os 12 anos no ano de 1982 até 2000. tenho como pagar esse valor ou comprovar esse vinculo . Trabalhei na época como manicure, depiladora e maquiadora.

Consultor Previdenciário disse...

Danny
Eu não conheço essa lei, mas se sua tia sabe peça que ela lhe dê os detalhes e procure os seus direitos.

Unknown disse...

Olá, gostaria de um auxílio quanto ao recolhimento para dona de casa. Minha mãe tem 53 anos, trabalhou apenas 2 anos com registro nos anos 80 e agora gostaria de recolher como dona de casa a 11% visto que não se enquadra em famílias de baixa renda. Gostaria de saber se ela pode pagar 2 guias por mês para quando ela alcançar 60 anos já poder se aposentar. Os 2 anos de regitro que ela possui contam para reduzir o tempo de contribuição?

Consultor Previdenciário disse...

Priscila
O tempo que tem vale para a contagem dos 15 anos, quando a sua ideia não tem como praticar, pois o tempo é contado em meses, cada ano com 12 meses, pagar dobrado não adianta.

gricia disse...

ola boa tarde comecei a pagar o inss a cinco meses pelo codigo 1163..gostaria de saber se posso dar entrada no salario maternidade

Consultor Previdenciário disse...

Só com 5 meses não, para ter direito é preciso ter 10 meses pagos em dia antes da criança nascer.

Denise disse...

Olá,
Sempre contribui para a previdência através de vinculo empregatício. No momento estou desempregada, posso fazer a contribuição facultativa (codigo 1406)? Perco algum direito fazendo essa contribuição?
Agradeço sua atenção.

Consultor Previdenciário disse...

Denise
Pode sim, é só preencher a guia com o número do PIS e pagar até o dia 15 de cada mês, a primeira parcela após ter deixado o emprego precisa ser paga em dia.

Unknown disse...

ola boa tarde,gostaria te tirar algumas duvidas,eu estou morando e trabalhando na Alemanha a 18 meses e agora o Brasil e Alemanha fizeram um acordo de previdencia,como fica a minha situacao de 1 de maio quando entra em vigor o acordo para a frente,quando eu voltar para o Brasil posso contar este tempo como minha contribuicao previdenciaria,o que preciso fazer ?

Consultor Previdenciário disse...

Luiz
Se trabalha legalmente e faz recolhimento à Previdência na Alemanha não precisa fazer nada, quando for pedir um benefício no INSS informa que tem tempo a compensar e o próprio INSS faz a averbação.

Unknown disse...

Catarino, Boa tarde...vc é um mar de sabedoria?
Responda-me essas 3 perguntas...por favor:
1-Eu fui registrado CPS por divs anos(25) anos, mas recolhi divs códs por conta, 1007..1406...e outros, pode? O inss unifica?
2-Tenho Firma Individual inativa(dava NF) 1997/1999, posso recolher esse INSS agora?
3-Agendei no INSS p/ acerto de recolhimento..de repente é para Vínculos...será que serei atendio!!??
Grato

Consultor Previdenciário disse...

Zeraldo
1 - Se foi pago nos intervalos de emprego conta normalmente, se foi concomitante não é contado.
2 - Além de ter firma tem que provar que exerceu atividade e não recolheu previdência.
3 - O agendamento pode ser usado para acerto de vínculos ou de contribuições.

Anônimo disse...

Ola comecei a pagar 135 reais de inss gostaria de saber se com esse Valor quando precisar usar o beneficio quanto seria o Valor? tenho 28 anos com quantos me aposento e quais direitos vou ter?
Tenho PIS
Tem axilio doença
Pensão morte

Consultor Previdenciário disse...

Liane
O valor correto a pagar é 135,60. Quem paga o mínimo recebe o mínimo e tem direito a todos os benefícios.

Unknown disse...

eu pago 68,42 e agora com o novo salario quanto devo pagar

Anônimo disse...

E para usufruir dos meus direitos tem Carência??? e quanto deveria pagar para receber mais que o minimo?? Esse valor que eu pago 135,60 poderá ser aumentado futuramente e isso mudaria o valor da minha aposentadoria consequentemente???? E com quantos anos me aposento?

Unknown disse...

Boa tarde!
Pago o INSS como autônomo e sob 2 salários. Nos meses referentes a jan e fev, paguei o valor de R$ 248,80 e esqueci que aumentou para R$ 271,20. Como faço agora para pagar a diferença? vou pagar juros, multa? Por favor, aguardo a resposta.

Consultor Previdenciário disse...

Ingrid
Você tem que calcular a diferença com juros e multa e pagar com uma guia nova com a mesma competência. Faça o cálculo no site da previdência, www.previdencia.gov.br

Consultor Previdenciário disse...

Liane
Pode pagar quanto quiser, a renda é feita pela média das contribuições.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
VMFreitas disse...

Olá,Eu trabalhei em contrato com carteira assinada nos 3 últimos meses
de 2011 e do mês de março a maio em 2012.No inicio de 2013 eu engravidei,quero pagar o INSS como autônomo para ter direito ao salario maternidade,minha duvida é: em qual mês devo começar a pagar, em maio ou junho?

Consultor Previdenciário disse...

Para não correr risco deve reiniciar antes de ter passado 12 meses da saída do último emprego.

VMFreitas disse...

Obrigada pela sua atenção!Me ajudou muito.

Raimundo Cardoso disse...

Sr. Catarino, bom dia!
Gostaria que o senhor pudesse me ajudar. Tenho 58 anos. 27 anos de trabalho registrado em carteira (dentre os quais, 6 anos e meio trabalhei numa empresa do Pólo Petroquímico, onde recebia insalubridade e periculosidade). Fui demitido em agosto de 2012. Recebia de salário bruto, em torno de R$3.200,00. O que o senhor me aconselha para eu continuar pagando as contribuições do INSS, e manter o mesmo nível de remuneração, já que vou continuar trabalhando como autônomo?

Atenciosamente,

Raimundo Cardoso

Consultor Previdenciário disse...

Raimundo
Sobre esse assunto sugiro que leia o seguinte artigo: http://www.consultor-online.com/2013/03/como-aproveitar-regra-de-calculo-da-renda-dos-beneficios-no-inss.html

Anônimo disse...

Ola meu esposo paga 135.60 nao seria 73.70 11% porque 20% e se ele quiser pagar sobre dois salarios tem ki pgar o dobro????271.12

e se ele pagar valores diferentes em cada mes exemplo: 140 150 135.60 150 assim por diante o que acontece o valor pago a mais nao serve pra nada:;:

Consultor Previdenciário disse...

Liane
Se ele quer se aposentar por tempo de contribuição,35 anos, tem que pagar 20%, se quer se aposentar por idade, 65 anos, e ter renda mínima pode pagar 11%.
Se ele sempre pagou o mínimo pagar um pouco a mais vai ter bem pouco efeito na renda e pode tornar o investimento sem vantagem.
Se falta bastante tempo para se aposentar pode pagar valores mais altos, pois a renda é feita pela média das contribuições.

Unknown disse...

Fui registrada com um salário minimo na carteira,qual o valor do INSS ? E quais os direito que teanho?

Consultor Previdenciário disse...

Francielle
A empresa vai descontar 8% do seu salário, 54,00, e tem todos os direitos.

Regina K disse...

Bom dia Catarino
Bem eu estou pagando o GPS como facultativo cod. 1406 e nas competencias de 01/13,02/13 e 03/13 eu paguei 124,40 e com o aumento do salario eu deveria pagar 136,60 posso pagar as diferenças na proxima competencia 04/13?
E o 13º salario eu tambem devo pagar?

Estou em duvida, por favor me ajude.
Fico muito agradecida por qualquer ajuda OBRIGADA!

Consultor Previdenciário disse...

Regina
Você calcula a diferença não paga e atualiza com juros e multa e paga cada competência em uma guia, o valor mínimo é 10,00, o 13º é pago em dezembro. Para atualizar vá ao site www.previdencia.gov.br

Cris B disse...

Boa noite Sr. Catarino
Estou pagando o GPS como facultativo cod. 1406 e nas competencias de 01/13,02/13 e 03/13 eu paguei 124,40 e com o aumento do salario eu deveria pagar 135,60 . Como posso pagar as diferenças das competencias anteriores. Vi numa resposta dada pelo Sr. à Regina K que deverei atualizar com juros e multas, como faço os cálculos? Também não tinha conhecimento de que deveria pagar o 13º, como faço para pagar dos anos anteriores, pois já contribuo mais ou menos por 11 anos?
Desde já agradeço !
Cristina

Paulo disse...

Bom dia, contribuo mensalmente como facultativo cod 1007, ja tenho mais de 17 anos com carteira assinada, qdo fico um periodo sem pagar a mensalidade estou assegurado por morte ? e auxilio doença ?

Paulo disse...

Bom dia, contribuo atualmente como faultativo cod1007, e tenho mais de 17 anos de contribuição, porem tem algus meses que fico sem pagar. qual carência para pensão por morte ? e qual carência para receber auxilio doenca ?

Consultor Previdenciário disse...

Paulo
O código 1007 não é para facultativo e sim para contribuinte individual, se é facultativo tem que mudar o código.
Pensão por morte tem que ter ao menos uma parcela paga em dia nos últimos 12 meses antes do óbito. Auxílio doença exige 12 meses pagos sem ter deixado de pagar por mais de 12 meses.

Consultor Previdenciário disse...

Cristina
Você tem que entrar no site da previdência, em www.previdencia.gov.br e calcular juros e multa de cada parcela e pagar em guias com o mesmo mês que pagou a menor. O mesmo para o 13º é só calcular a guia no site e pagar.

**CaH** disse...

ola meu nome é caroline atualmente pago o inss pelo codigo 1406 e eu não sabia que teria que pagar o 13° e tambem não sabia da alteração de valor então no mes 12/2012 eu paguei dia 15/01 124,40 e no mes 01/2013 eu paguei 124,40 dia 10/02. tem algum problema não pagar o 13° ? e para pagar a diferença é só somar ao mes que vou pagar agora?

Consultor Previdenciário disse...

O valor novo deve ser pago a partir de janeiro que é pago em fevereiro, é só calcular a diferença e pagar junto com a próxima parcela que for pagar.

Pindaiba disse...

boa noite Sr Catarino. Trabalhei registrado desde 1986, por 23 anos. Há três anos sai do serviço e pago o facultativo, faltando 8 anos para completar 35 anos de contribuição. Como passei por 2 mudanças de lei, meu período para aposentadoria por tempo de serviço termina aos 50 anos. Terei que esperar até os 53 anos para receber integral?

Consultor Previdenciário disse...

Não existe idade mínima, tem que ter 35 anos de contribuição para se aposentar.

**CaH** disse...

Eu fui fazer o pagamento hoje desta maneira que você me disse , porem a moça do caixa disse que não poderia aceitar teria que fazer duas guias uma da competencia 01/2013 e outra de competencia 02/2013 não somente somar os valores não entendo nada deste assunto e preciso fazer o pagamento é ate segunda e aquele 135 da previdencia é uma verdadeira enrolação

Consultor Previdenciário disse...

E como é que essa moça sabe que valor você tem que pagar, você preenche a guia, coloca a competência que quer, coloca o valor que quer e o banco recebe, não há diálogo nessa operação, você entrega a guia preenchida, o dinheiro e o banco autentica e lhe devolve e pronto.

Unknown disse...

Boa noite catarino,
estou com um pedreiro que vai prestar um serviço para mim durante 3 meses. para evitar qualquer transtorno quanto a um acidente de trabalho, posso pagar o INSS Dele como autônomo. se posso qual o valor a ser pago.

Consultor Previdenciário disse...

Fábio
Isso depende de alguns fatores. Ele vai fazer o serviço como autônomo? O serviço irá alterar o imóvel e terá que registrar na Prefeitura? No primeiro caso é ele que recolhe o INSS, no segundo caso terá que abrir um CEI na Receita Federal em nome da obra e recolher a previdência nesse CEI.

Unknown disse...

Olá, mechamo Marcos, minha mãe e autônoma e tem 5 anos de contribuição ela completará 60 anos. a pergunta e o seguinte, qual é o caminho para ela conseguir aposentar-se?
obrigado.

Unknown disse...

Boa noite,
Me chamo Marcos, minha mãe tem 5 anos de contribuição e inss e ela completará 60 anos. qual é o caminho a ser tomado já que ela não atingiu os 180 meses.

Consultor Previdenciário disse...

Marcos
Ela vai ter que continuar contribuindo até completar os 15 anos mínimos exigidos.

Unknown disse...

Boa noite, meu pai nao pagou a parcela de janeiro, ele é taxista e contribui com 20%, o valor é R$135,60. Ele pagou fevereiro, março... Como calculamos os juros da parcela de janeiro?

Aguardo resposta! Muito obrigado!

Consultor Previdenciário disse...

Tem que entrar no site www.previdencia.gov.br e lá consegue calcular os juros e multa.

Juh Marinho disse...

Boa noite. Não vi o reajuste e paguei o mês 1 e 2 com o valor antigo, o mês 3 venceu ontem e não realizei o pagamento. O que devo fazer?

Consultor Previdenciário disse...

Juh
Veja a explicação neste link: http://www.aposentadorias.net/2013/04/como-calcular-juros-e-multa-para-contribuicao-paga-a-menor.html

Reinaldo Geraldo disse...

Bom dia Catarino. Tenho 59 anos e acabei de ficar desempregado. Fiz a simulação no site da Previdência e tenho: Tempo contribuição 30a 2m e 6d; para a aposentadoria integral faltam 4a 9m 24d; Pedágio p/proporcional 2a 11m 22d; Tempo cumprir para aposentadoria proporcional 2a 9m 11d. Simulei a Renda que deu Fator previdenciário 0,7170; Salário de benefício $908,58 e renda mensal Inicial $678 onde coeficiente = 0,700. PERGUNTA:Pretendo continuar a contribuir para ter o máximo de aposentadoria, compensa eu contribuir em cima de 1,2,3 salários ou no teto, já que completo meu tempo integral quando tiver 64 anos,parece ser ideal aposentar com 65 anos. Me dê uma luz. Obrigado.

Unknown disse...

Alice

Boa tarde,

Tenho mais de 20 anos de contribuição, em dezembro de 2011 fui demitida, em agosto fiquei grávida e fui ao inss que me informaram que eu estava em período de graça por 24 meses e que poderia aumentar para 36 informando meu estado de desempregada no ministerio do trabalho. em dezembro fui novamente no inss para ver a possibilidade de contribuir como facultativo já que ia ficar um tempo desempregada em função da gravidez, me explicaram que o meu salario maternidade seria calculado através das maiores contribuições de 07/94 até agora
e que poderia pagar 20% do mínimo que isso não iria interferir no salario que eu iria receber. por mais de 17 anos até dezembro de 2011 a contribuição foi descontado com base no teto máximo do inss. Para minha surpresa recebi hoje a carta de concessao de beneficio e o salario que vou receber é o mínimo "ESTA CORRETO", quer dizer se não tivesse pago essas 3 contribuições como facultativo iria receber o teto do inss. Por favor senhor Catarino me ajuda?

Consultor Previdenciário disse...

Reinaldo
A renda mensal é feita pela média e com 64 anos terá um fator previdenciário mínimo e aos 65 anos não terá fator, assim se tem condições financeiras de pagar o teto até o final do tempo que falta sua renda irá melhorar bastante.

Consultor Previdenciário disse...

Alice
Vá ao INSS onde lhe deram essas informações, pois não é verdade, já respondi essa mesma pergunta no fórum.

Sandra Oneda disse...

Olá, Catarino Alves
Tenho uma dúvida, trabalho registrada desde 1987, mas nos ano de 1990,1994, 1999, fiquei desempregada alguns meses.
Tem como eu pagar esses meses?
Para que some com o período que já paguei.
Fico no aguardo!
Sandra

R Bim disse...

Boa tarde, temos uma empresa inativa, mas que estamos contribuindo ao INSS. Esse procedimento é válido ainda? Temos dívidas trabalhistas negociadas e parcelamento com a receita em andamento. Nosso contador nos orientou de que necessitaríamos recolher como autônomos...

Consultor Previdenciário disse...

Sandra
Não tem como pagar período que ficou desempregada, nessa condição só é permitido pagar contribuições em dia.

Consultor Previdenciário disse...

R bim
Não sei sobre as empresas, sugiro que vá a REceita Federal para saber a situação de sua empresa.

Unknown disse...

Olá,
Sou deficiente fisico , nasci com má formação congenita em uma das pernas e faço uso de uma protese para me locomover, em 2007 trabalhei registrada por 3 meses com salario de 800,00 e de 2009 a 2010 trabalhei por 1 ano e 8 meses com salario de 1.100,00 desde entao trabalho como manicure e cabeleireira autonoma. Nos ultimos meses tenho tido muitas dificuldades para trabalhar pois devido a minha deficiencia tenho muitas dificuldades em passar longos periodos em pé e ficar sentada esta afetando muito meus problemas de culuna que já existiam por conta da protese. gostaria de saber se posso me aposentar por invalidez mesmo tendo pouco menos de 15 anos de idade e qual seria o valor do beneficio recebido? ou se eu deveria começar a pagar o inss e esperar um pouco mais para me aposentar com um valor mais proximo da minha renda mensal que hoje gira em torno de 1500,00 para ter um beneficio proximo desse valor quanto eu deveria pagar de inss e por quanto tempo. e por fim é possivel pagar os anos de 2011 e 2012 ? qual a melhor opção ?obrigada

Consultor Previdenciário disse...

Ida
Para poder ter direito a aposentaria por invalidez você precisava não ter nenhum problema de saúde ou físico, ter iniciado a trabalhar e depois por acidente ou doença ter ficado incapacitada, pelo que narra sempre teve esse problema, por isso só poderá se aposentar por tempo ou idade.

Rosa disse...

Olá trabalho de carteira assinada desde de 1994 tenho 42 anos queria saber quando posso me aposentar?

Consultor Previdenciário disse...

Rosa
Quando completar 30 anos de contribuição poderá se aposentar.

Unknown disse...

Ola bom dia,
Minha esposa trabalhou de carteira assinada ate 29/01/2010, depois disso não pagamos mais o inss dela, agora ela engravidou e me disseram que se eu voltar a pagar o inss apos 3 meses pagando ela recupera os direitos previdenciarios e assim podera solicitar o auxilio maternidade isso realmente confere? Obrigado.

Consultor Previdenciário disse...

Keliston
Não é verdade, como desempregada já perdeu a qualidade e para recuperar em nova categoria, contribuinte individual ou facultativa, tem que pagar 10 meses antes do parto.

Unknown disse...

Sr. Catarino boa tarde, Trabalho com carteira assinada e contribuo com carnê no código 1007 pois, tenho um comercio ambulante nós Sábados domingos (este até 13:00h) e feriados. Estou a 22 meses da minha aposentadoria e me surgiu uma duvida.Quando for me aposentar vai somar as duas contribuições não é? Hoje no carnê já tenho 150 contribuições. Comecei esta atividade paralela em 2001.Em Outubro/14 terei 35 anos e 2 meses de contribuição e 52 anos de idade. Grato e aguardo;

Consultor Previdenciário disse...

Mario
Sobre esse assunto leia:http://www.aposentadorias.net/2010/05/multipla-atividade-e-renda-dos.html

Unknown disse...

Sr. catarino obrigado pela atenção. Deu para entender como funciona. Não achei justo mais regra é regra. Grato mais uma vêz,

Brunob disse...

Boa noite, Tudo bem?!?!

Estou com uma duvida eu estava pagando sobre 20% usando o código (1163) pelas minhas pesquisas vi que estava usando o código errado o correto seria o (1007) estou certo disso né?

Minha outra duvida é já que vou agendar no atendimento INSS para corrigir o código que foi pago anteriormente minha duvida é fiquei de 2007 a 2012 sem pagar o INSS, será que o pessoal do inss negocia esse tempo que fiquei sem pagar, para pagar tudo agora?? se sim será que compensa negociar esse tempo que não contribui?

Obrigado desde já.

Bruno

Consultor Previdenciário disse...

Bruno
Você tem que agendar o atendimento pelo fone 135. Os tempos passados podem ser pagos, no INSS você obtém autorização e a guia, mas para parcelar tem que ir na Receita Federal.

Raiden disse...

Ah ok, então pelo que entendi 2007 a 2012 ... tenho 5 anos atrasado.. pelo que vi no seu site, ainda dá tempo não pode passar de 5 anos correto? e como contribuinte facultativo.. ainda tenho chances de pagar os atrasados?


Obrigado

Consultor Previdenciário disse...

Raiden
Facultativo não paga atrasados. Contribuinte individual pode pagar atrasados, mas precisa ter autorização do INSS.

Raiden disse...

Catarino, Desculpe o erro sou contribuinte individual pago como autônomo usando o código 1007, para 20% está certo né??

A minha pergunta anterior, se enquadra a mim?


Obrigado

Consultor Previdenciário disse...

Raiden
O código está correto.

Marcio disse...

Ola, boa noite !
Minhas contribuições entre 05/1986 e 01/1995 foram altas. A partir dai, recolhi sobre salario minimo ate 04/1998 e entao nao contribui mais com o INSS. Gostaria de receber o beneficio de dois salarios minimos ou mais, aos 65 anos (tenho 47 anos atualmente). Quanto tempo eu teria que contribuir, e qual seria o valor dessa contribuição ? Abçs....Marcio Tadeu

Consultor Previdenciário disse...

Marcio
Essa conta não tem como fazer e além disso o investimento que teria que fazer não iria valer a pena. A renda é feita pela média das contribuições a partir de 07/94, como ficou muito tempo sem pagar e o tempo que pagou ainda foi pelo mínimo sua renda vai ser no mínimo ou muito próxima quando for se aposentar, mesmo que pague o teto o tempo que falta para atingir a idade mínima.

Marcio disse...

Ola ! Mesmo eu contribuindo sobre 2 salarios minimos os 18 anos que ainda faltam ? Pois seriam 18 anos, mais os 4 que contribui acho que daria a media de 60% (22 anos) do total de 1994 a 2031 (37 anos). Não seria assim o calculo ? Obrigado pela atenção. Marcio

Unknown disse...

quem ganhar 1500 reais na carteira aposenta com os mesmos 1500 reais
por tempo de serviço

Consultor Previdenciário disse...

Ricardo
A renda dos benefícios é feita pela média das contribuições desde 07/94,assim não tem nada a ver com o que ganha agora.

Unknown disse...

Boa noite.Tenho um duvida sobre atrasado no pagamento da contribuição.Minha esposa contribui com o número 1163 (Individual-11%). A minha pergunta é, supomos que ela tenha de 2 a 7 anos de contribuição e ela fica futuramente sem contribuir de 1 a 5 anos correntes, e volta contribuir depois deste tempo, ela perde as contribuições antigas a qual começa a calcular do zero as contribuições no sistema do INSS? Queria saber também se é o mesmo procedimento para o facultativo e se existe algum prazo no atraso de pagamento no individual (12 meses) e facultativo (06 meses)?

Consultor Previdenciário disse...

Nao perde nada, tudo que é pago é somado.

Unknown disse...

Olá Catario, queria mim informar sobre o décimo terceiro de 2013. Sou beneficiario e recebo todo dia 1° útil do mês, e esse mês não recebir? pode mim dizer o dia que será pago o décimo do INSS ?

Consultor Previdenciário disse...

Nos anos anteriores o 13º teve uma parcela paga no mês agosto que é pago em setembro.

Unknown disse...

Bom dia . Minha ex empresa descontou no mes de dezembro de 2012 o valor de R$140,22 referente ao inss sobre meu salario que na ocasião foi de R$1.558,00. Com isso terei direito a receber o pis em julho de 2013. Trabalhei 3 meses nesta empresa(out,nov e dez de 2012), porem apenas em dez foi descontado esse valor . Nos meses anteriores forão descontados valores irrisórios abaixo do que a lei condiz. Desde ja agradeço a sua ajuda.

Consultor Previdenciário disse...

Leonardo
Não sei sobre esse assunto para lhe ajudar.

Unknown disse...

Boa noite!
por favor tenho duvida referente ao caso, se paguei o valor incorreto, quando gero a GPS aparece o valor mais os juros, eu devo pagar comente o juros? Ou devo comparecer ao inss para o calculo? Obrigada!

Consultor Previdenciário disse...

Simone
Veja a resposta que procura neste link:http://www.consultor-online.com/2012/08/como-acertar-mensalidade-inss-paga-com-erro.html

Unknown disse...

Bom dia, sou cadastrada no INSS como Autönomo e iniciei pagando como código 1007, no mês seguinte liguei para o 135, e solicitei informação, referente a mudança do código, para o 1163, a telefonista me informou que eu poderia fazer a modificação naquele momento, e caso quisesse voltar a pagar com cód. 1007,poderia pagar a diferença? Como funciona?
No aguardo.
Att, Ellen

Consultor Previdenciário disse...

Ellen
O que você procura esta neste artigo:http://www.consultor-online.com/2011/08/consultor-online-como-contribuir.html

Nicole Rojas disse...

Olá Catarino, tenho uma dúvida, paguei por 2 anos o carnê gps como autônoma pagando o valor mínimo, agora tenho um emprego onde sou registrada. Posso pegar esse dinheiro de volta ou ele conta como tempo de contribuição para minha aposentadoria ? É obrigação continuar pagando o carnê ? Obrigada.

Nicole Rojas disse...

Gostaria de saber também como funciona a aposentadoria por idade, pois minha mãe é estrangeira e trabalhou a vida toda em outro país e agora com 45 anos está no Brasil e quer contribuir como autônoma. Obrigada

Consultor Previdenciário disse...

Nicole
Se pagou 20% do mínimo pode contar para aposentadoria, se pagou 11% só conta para aposentadoria por idade. Não tem como obter o dinheiro de volta.
Quanto a sua mãe ela deve começar agora e pagar por 15 anos para se aposentar por idade aos 60 anos, pode pagar no plano simplificado que paga 11% do mínimo.

Unknown disse...

Paguei umas parcelas do Gps com o codigo errado como devo proceder, obrigada

Consultor Previdenciário disse...

Se foi só um mês não precisa fazer nada, guarde o comprovante e quando for pedir algum benefício leva a guia quitada que o INSS fazer o acerto.

Márcio Wentz disse...

Bom dia. Minha esposa é Fisioterapeuta e com isso autônoma. Fui ao INSS para verificar com realizar o pagamento do INSS dela, mas como é de praxe, o atendimento foi horrível. O atendente pegou meu carnê e simplesmente preencheu e me entregou sem explicação nenhuma. Vamos lá... Estamos pagando no código 1007 o valor de R$ 135,60. Mas no item 5 do GPS (IDENTIFICADOR) estamos colocando o número do PIS/PASEP da carteira de trabalho dela. Mas ela nunca trabalhou com carteira assinada. Está correto este número? Ou nós precisamos de um número da previdência? Entro no site da previdência e coloco o número e retorna como se não tivesse cadastro. Tem algum problema? Ela trabalha como contratada numa escola infantil 2h por semana e eles recolhem o INSS. Como consigo o extrato destes pagamentos? Estamos querendo engravidar, se alteramos o valor para 2 salários, quando formos solicitar o auxilio maternidade qual o valor do beneficio? A média dos últimos 10 meses ou o valor da última contribuição? Obrigado.

Consultor Previdenciário disse...

Marcio
O número que consta na CTPS não é registrado, ela terá que ir ao INSS e fazer o registro, deve levar todas as guias pagas para que façam o acerto. O código e o valor está certo.
Tem que ver na escola qual número estão usando, se for o mesmo só vai aparecer quando acertarem. A renda é pela média dos últimos 10 meses.

Cléo disse...

Ola, sou contribuinte facultativa, mas trabalho numa empresa como depiladora, fiz uma cirurgia e terei que ficar pelo menos dois meses afastada, tenho perícia amanhã, será que vai ter algum problema quanto a relação contribuição/afastamento, será que vai dar problema com o perito, seria bom levar uma carta assinada pela pessoa responsável pela empresa que eu trabalho ja à 12 anos de 3a à sábado?
Teria a possibilidade do perito me afastar os dois meses ou o fato de eu ser contribuinte facultativa e não autônoma como depiladora e ter uma licença na prefeitura da minha cidade pode dar algum problema?
Obrigada.
Cléo Ribeiro.

Consultor Previdenciário disse...

Cleo
A perícia não olha isso, só a incapacidade. Como que você recolhe como facultativa e presta serviço? Acredito que pode ter problemas por isso, pois o facultativo não exerce nenhuma atividade.

Unknown disse...

Olá sou uma contribuinte individual e pago 11% sobre o mínimo, caso eu engravide e depois comece a pagar uma porcentagem maior sobre um salário de R$ 3.000,00, quanto tempo terei que contribuir para ter direito aos 4 a 6 meses de licença a maternidade, recebendo esse salário de R$ 3.000,00 ? Sei que tenho q ter no mínimo 10 meses de contribuição para ter direito a licença, mas minha dúvida é: Se nos últimos meses de gestação poderei pagar um valor mais alto de inss para que possa receber um salário maior na minha licença a maternidade. Obrigada.

Consultor Previdenciário disse...

Quem paga 11% só pode pagar pelo mínimo.

Unknown disse...

boa tarde! estou com uma dúvida, para ter direito ao auxílio maternidade tenho que ter dez contribuições paga, porém só tenho oito quando a criança nasceu, posso pagar as duas contribuições adiantada para ter o direito ao benefício ou espero vencer os dois meses que faltam para dar entrada no benefício, sendo que assim a criança já estará com dois meses de idade?

Consultor Previdenciário disse...

Ana
Precisa ter 10 meses pagos antes do nascimento, por isso não adianta pagar adiantados.

Unknown disse...

Olá meu nome é Suelen, tenho 30 anos e nesse período minha carteira foi assinada durante 6 meses apenas. Trabalho em um salão de beleza que não é registrado como auxiliar e quero começar a contribuir como autônoma. Gostaria de saber qual seria a melhor opção de plano previdenciário nesse caso.

Desde já agradeço pela atenção e queria lhe parabenizar pelo excelente conteúdo do blog, que ajuda muitas pessoas no esclarecimento do assunto.

Consultor Previdenciário disse...

Suelen, sobre esse assunto leia:http://www.consultor-online.com/2011/08/consultor-online-como-contribuir.html

Unknown disse...

Olá, sou contribuinte individual e faço o recolhimento sobre o salário mínimo. Não vi que o valor do salário mínimo aumentou e acabei contribuindo esse ano sobre o valor antigo( R$ 622,00). O que devo fazer? Obrigada

Consultor Previdenciário disse...

Caroline, você precisa pagar a diferença, veja como fazer isso neste link:http://www.consultor-online.com/2012/08/como-acertar-mensalidade-inss-paga-com-erro.html

Aposentadorias

Unknown disse...

Obrigada!!! Só mais uma pergunta, posso pagar esse acréscimo de uma vez só, na próxima contribuição?

Ellen disse...

Ola , sou revendedora de cosméticos , além de dona de casa. Gostaria de pagar o inns. Que eu preciso fazer? Em que categoria eu me encaixo ? Quanto devo pagar?

Consultor Previdenciário disse...

Ellen, sobre esse assunto veja este link:http://www.consultor-online.com/2011/08/consultor-online-como-contribuir.html

Aposentadorias

vanessa disse...

Tenho 25 anos, nao trabalho mais gostaria de contribuir pra garantir minha aposentadoria, nao entendi a questao de valores, anos de contribuição enfim..Se eu pagar 75, terei q contribuir 35 anos? e se eu pagar 135, terei q contribuir 30 anos e assim me aposento com 55 anos? é assim? Nao entendi essas questoes, o q seria melhor pra mim? E se eu começar a trab de carteira assinada como fica

Consultor Previdenciário disse...

Vanessa, sobre esse assunto leia este link:http://www.consultor-online.com/2011/08/consultor-online-como-contribuir.html

Aposentadorias

marcio disse...

me tira uma duvida estou trabalhando por mia conta gostaria de paga inss no valor de um salario minimo qual seria o codigo e valor , pois só vou me aposentar por idade

Consultor Previdenciário disse...

Marcio.
Pode verificar os códigos neste link:http://www.consultor-online.com/2010/07/inss-contribuinte-individual-e.html

Amandinha disse...

Oi Catarino.
Estou com uma dúvida, meu INSS venceu dia 15/11/13 é esta atraso 4 dias. Quantos de juros e multa eu tenho que pagar? Eu pago 135,60 por mês.

Consultor Previdenciário disse...

Isso só calculando no site da Previdência, pois os juros e multas são cobrados ao dia.

adoniaspedro disse...

Olá, boa tarde! Pago a Guia de Previdencia Social 1120, no valor de R$ 74,58, no entanto, por descuido, paguei durante todo o ano de 2013 o valor de 68,42, valor referente ao ano de 2012. Como faço para reparar este erro? É possivel acrescentar o valor restante dos 12 meses no proximo mes? Muito obrigado.

Consultor Previdenciário disse...

Adonias
Esse código 1120 é usado somente em condições especiais, para regularizar terá que ir ao INSS, pois envolve a comprovação do recolhimento por parte das empresas que presta serviço.

Unknown disse...

Sr. Catarino,

Estou com uma dúvida, tenho 38 anos, com20 anos de contribuição no INSS da seguinte forma:

8 anos de regime CLT - Média de dois salário mínimo;
8 anos como Autônomo – Código 1007 valor pago sobre um salario mínimo;
4 anos como CNPJ – Código 2003 valor pago sobre um salario mínimo;

Agora vou voltar a ficar como autônomo e faltam 15 anos de contribuição, gostaria de me aposentar com uma renda de 4 a 6 salários mínimos. Posso contribuir os últimos 15 anos da seguinte forma sempre com o código 1007:

Os primeiros 5 anos com base em 2 salários mínimos depois 5 anos com base em 4 salários mínimos e os últimos 5 anos com base em 6 salários mínimos; Desta forma vou conseguir aposentar com por tempo de contribuição com a renda desejada?

Velando em conta a perda pelo fator previdenciário e que vou estar com a idade 53 anos, como li nos posts anteriores.

Obrigado,

Consultor Previdenciário disse...

Walter
A renda é feita pela média, veja detalhes neste link: http://www.aposentadorias.net/2013/11/como-e-feito-o-calculo-da-renda-mensal-nos-beneficios-do-inss.html

Unknown disse...

Bom dia Srº Catarino organizando minhas coisas percebi que paguei minha contribuição INSS individual errado durante o ano de 2013. Pago 20% do valor sempre e no ano de 2013 paguei 5 parcelas de 125,00 e outras 7 restantes de 130,00, mas só agora vi que com o mínimo em 678,00 o valor de 20% era na verdade 135,60, então passei o ano passado batido. Posso nesse ano 2014 aumentar essa contribuição para no cálculo final tirar essa diferença ou mesmo equalizar a média final lá na aposentadoria, é possível?

Consultor Previdenciário disse...

Poliane
Para utilizar esses meses que pagou a menor que o mínimo terá que pagar a diferença corrigida. O mais fácil é ir ao INSS e pedir o cálculo, caso queira fazer por conta própria veja como neste link: http://www.consultor-online.com/2012/08/como-acertar-mensalidade-inss-paga-com-erro.html

Unknown disse...

Boa tarde,

Sou contribuinte individual e recolho 20% sobre o mínimo. Na competência de Janeiro/2014, pago em 15/02, efetuei o recolhimento sobre o salário antigo (R$ 678,00), quando o correto seria sobre R$ 724,00.
Como faço para efetuar o pagamento da diferença. Incluo na GPS da competência fevereiro/2014 que vence em 15/03? Como vou discriminar isso na GPS?
Desde já grato!
Plauto.

Consultor Previdenciário disse...

Plauto.
Sobre esse assunto fiz o seguinte artigo:http://www.consultor-online.com/2012/08/como-acertar-mensalidade-inss-paga-com-erro.html

Unknown disse...

Boa Noite. Tenho 46, com 22 anos de recolhimento por CLT . Posso me aposentar por tempo de contribuição, 30 anos? Qual o código e valor que devo preencher ?

Consultor Previdenciário disse...

Sem tem 30 anos de contribuição e é mulher pode sim.

Unknown disse...

Sr. Catarino
Posso pagar as doze contribuições do carnê de empreendedor individual adiantadas ? para não correr o risco de atrasa-las ?
Leonardo.

Consultor Previdenciário disse...

Leonardo
Você fala das guias que foram enviadas pelo Correio? Pode pagar antecipamente sim.

Aposentadorias

Unknown disse...

Olá Catarino,

Contribuo a 1 ano com cod 1120 ,porém vou passar a contribuir com o cod 1007 que dá direito a aposentar por tempo de contribuição e o valor na hora de receber é maior já que pago pra dois salários.Minha duvida é esse 1 ano que ficara pra tras vai contar na hora de calcular os anos de contribuição ou apenas será calculado com o valor a ser recebido ($)de aposentadoria.E se eu necessitar de um auxilio doença nesse meio tempo tenho direito de requerer já que contribui com 1 ano e tenho outros registros em carteira também?

Grata
Ellen

Consultor Previdenciário disse...

Ellen.
Acredito que está pagando com o código errado, sugiro que vá ao INSS para pedir o acerto das contribuições.

Unknown disse...

Ola..Contribuo com o codigo 1120 porem no momento não trabalho. Qual seria o codigo correto, contribuo com 11%? Outra duvida liguei no 135 no inicio da minha da gestaçao, informei meu Pis e me informaram que so com 4 meses de contribuição ja teria direito ao salario maternidade. Porem em uma resposta
acima vi que isso não esta correto. Ja agendei pra dar entrada. O que devo fazer para saber se tenho ou não direito?

Consultor Previdenciário disse...

Evelyn
Você vai ter que agendar um atendimento no INSS e levar todas as guias que pagou para acertar, pois o código usado está errado, o correto é 1163. Tem que ter 10 meses pagos antes do mês que a criança nascer.