QUERO DOAR R$ 10,00
by

Como receber benefício do INSS no exterior.


Como receber benefício do INSS no exterior.

Muitas pessoas têm perguntado como receber o valor de um benefício pago pela Previdência Social do Brasil em outro país. Essa não é uma tarefa muito fácil. Em alguns casos é possível pedir que a Previdência Social do Brasil transfira o benefício para a Previdência do país estrangeiro, mas isso só funciona quando o acordo previdenciário entre os dois países contém uma cláusula prevendo este serviço.


A solicitação de transferência de benefício, mantido sob a legislação brasileira, para recebimento no exterior poderá ser requerida pelo beneficiário para os seguintes países: Portugal, Espanha e Grécia, exclusivamente. Neste caso, o segurado deverá, antes da mudança ou viagem prolongada, solicitar a transferência junto à Agência da Previdência Social - APS, onde o benefício está mantido.

Quem vai residir em país diverso dos acima especificados terá que providenciar uma conta em um banco brasileiro que tenha agência no país para onde pretende se mudar. Com os dados da conta terá que ir ao INSS, na agência onde é mantido seu benefício, e cadastrar o novo local de pagamento. Caso já esteja no exterior e não tenha como vir ao Brasil para fazer esse procedimento terá que providenciar uma procuração para um conhecido que possa representa-lo.

Se no país onde for residir não houver banco brasileiro terá que providenciar uma procuração para que um amigo ou parente faça a remessa do valor creditado. Essa é uma solução complicada, pois a cada 12 meses a procuração precisa ser revalidada e para isso o segurado terá que fazer prova de vida no consulado do Brasil no país onde vive para remeter ao INSS.

Veja no quadro abaixo o endereço Assessoria de Assuntos Internacionais do Ministério da Previdência Social que cuida dos assuntos relativos aos Acordos Internacionais de Previdência. Caso tenha alguma dúvida use o Fórum do Consultor e faça sua pergunta.




Saiba mais sobre os benefícios do INSS no blog: BENEFÍCIOS DA PREVIDÊNCIA