QUERO DOAR R$ 10,00
by

INSS. Atividade de professor não é especial.


INSS. Atividade de professor não é especial.

O professor ou professora que exerce atividade exclusiva em sala de aula ou ligada ao ensino em escola regular de ensino fundamental ou médio tem direito a aposentadoria especial. Essa afirmação leva as pessoas a acreditarem que a atividade de professor é especial, ou seja, é igual a insalubre ou periculosa. Quando uma pessoa trabalha em atividade especial, mas não soma o tempo exigido para obter a aposentadoria especial tem o tempo especial acrescido em 40% para homens ou 20% para mulheres.


O que quero esclarecer é que se uma pessoa trabalha como professor por um período menor do que o exigido para ter direito a aposentadoria especial de professor não terá nenhum acréscimo se for pedir o benefício de aposentadoria por tempo de contribuição. Se, por exemplo, um segurado tem 15 anos de atividade como professor terá que ter mais 20 anos para somar os 35 anos e o tempo trabalhado como professor não tem nenhum acréscimo.

Não é a atividade de professor que é especial é o professor que tem um bônus de 5 anos para se aposentar por tempo de contribuição, esse tempo de desconto é o mesmo para homens e para mulheres, assim um professor se aposenta com 5 anos de contribuição a menos que os demais trabalhadores.  No cálculo da renda o professor tem o desconto do fator previdenciário, mas usa a tabela como se tivesse 5 anos a mais de tempo de contribuição.

Espero ter esclarecido esse assunto, mas se ficou alguma dúvida convido que use o Fórum do Consultor e faça sua pergunta. Caso queira pode ler mais sobre aposentadoria especial do professor e sobre atividade especial no INSS.


Saiba mais sobre os benefícios do INSS no blog: BENEFÍCIOS DA PREVIDÊNCIA