QUERO DOAR R$ 10,00
by

Aposentadoria Especial no INSS.

aposentadoria especial, insalubridade, INSS

A aposentadoria especial é um benefício que considero raro, pois poucos segurados conseguem comprovar tempo de trabalho exercido exclusivamente em atividade especial. É preciso comprovar 15, 20 ou 25 anos de trabalho exclusivo em atividade insalubre ou periculosa. A mais comum é a aposentadoria especial para quem consegue comprovar 25 anos em atividade insalubre ou periculosa. A comprovação é feita mediante a apresentação do formulário Perfil Profissiográfico Previdenciário, mais conhecido por PPP.

O contribuinte individual não tem direito a aposentadoria especial, com exceção para quem trabalha vinculado a uma cooperativa de trabalho ou produção e essa cooperativa terá que emitir o formulário PPP. Quem contribui com carnê não terá direito. Muitas pessoas me dizem que ganham adicional de insalubridade e, por isso, acreditam que terão direito a aposentadoria especial. Nem todos os segurados que ganham adicional por insalubridade ou periculosidade terão direito, somente a avaliação do formulário PPP é que definirá o direito.

A grande vantagem da aposentadoria especial é a não aplicação do fator previdenciário, com isso a renda será de 100% da média, não importando qual a idade do segurado. A desvantagem é que o segurado é obrigado a se afasta da atividade ou da empresa, se essa não tiver um setor em que não haja insalubridade. Para se manter no emprego é preciso que empresa concorde com o aproveitamento em outra atividade. Se o segurado permanecer trabalhando o benefício é cessado de imediato e os valores pagos cobrados como indevido.

Até 28.04.1995 muitas atividades eram consideradas especiais e, por isso, quem exercia alguma atividade nessas condições poderá utilizar o tempo trabalhado com um acréscimo de 40% para homens e 20% para mulheres e usar para obter aposentadoria por tempo de contribuição. No caso da aposentadoria por idade o acréscimo, da atividade especial, conta para o tempo total, mas não conta para a carência mínima que é de 15 anos.

Se tem alguma dúvida use o Fórum do Consultor e faça sua pergunta.


Saiba mais sobre os benefícios do INSS no site: BENEFÍCIOS DA PREVIDÊNCIA

25 comentários :

wlo disse...

trabalho na siderurgica usiminas e não tenho direito a aposentadoria especial mas conheci uma pessoa que faz a mesma coisa que eu , em outra siderurgica e tem direito a aposentadoria especial gostaria de saber o porque disso?

Consultor em Previdência disse...

Quem disse que não tem direito? Se trabalhou 25 anos em atividade insalubre e tem o PPP para todo o período tem direito.

AMIGÃO HINOS CCB disse...

Valeu...
por ventura poderá abrir TÓPICO

APOSENTADORIA ESPECIAL - SERVIDOR PÚBLICO?

Já adianto indagações é 100% benefício?
Média só p/ quem ingressou após 1994???

Ravleri2010 disse...

Bom dia,ouvi diser que em 2010 saiu uma lei qeu proibe o inss a pagar menos de um salario minimo para qualquer beneficio inclusive
(auxilio acidente).Isso é verdade,sem mas obrigado
Antonio

Consultor em Previdência disse...

Não é verdade, não existe nenhuma lei nesse sentido, deve ser uma interpretação errada da lei.

mascate disse...

Fui vigia ou vigilante até 1995, mas algumas empresas estão extintas, tenho como comprovar estes tempos especiais no inss, moro no rio de jsneiro

Edson Assis disse...

Boa noite, já completei 35 anos de contribuição, dei entrada na minha aposentadoria por tempo de contribuição só que eu estava afastado do trabalho por 5 meses. fui informado pelo atendente do inss que meu beneficio iria sofrer um abatimento devido ao valor que recebi do auxilio doença acidente de trabalho, ser maior que o beneficio da minha aposentadoria e que a pessoa não pode receber 2 beneficio no mesmo ano, no meu caso seria o beneficio do afastamento e o da aposentadoria. mais quando dei entrada na aposentadoria já não estava mais afastado só que foi no mesmo ano. Gostaria de saber se isso é verdade? Obrigado.

Catarino Alves disse...

Edson
Nunca vi falar sobre isso, a renda é calculada com as contribuições desde 07/94, e o período que ficou em auxílio-doença entra no cálculo.

humbagomes disse...

Bom dia Sr catarino, tenho 55 anos,estava no beneficio a quase 10 anos,esse mes foi cessado,tenho uma deficiencia desde da infancia,mas trabalhei 21 anos registrado em empresas, com mais 10 de beneficio,somam-se 31 anos, gostaria de saber se eu já me encaixo nessa nova lei de redução de contribuição,para portadores de deficiencia,tenho 4 cirurgias na perna direita devido desgaste na bacia e no femur,o que tenho que fazer,por favor de oriente aguardo resposta e obrigado mais uma vez,parabens pelo site.

Catarino Alves disse...

Veja os detalhes neste link:http://www.aposentadorias.net/2013/05/trabalhador-com-deficiencia-aposentadoria-por-tempo-de-contribuicao.html

Edson disse...

Olá Catarino,
Gostaria de saber, se eu ligar hoje dia 13/09/2013 para 0 (135)da previdência para fazer o agendamento da minha aposentadoria para fevereiro de 2014, isso significa que estou dando entrada na minha aposentadoria em fevereiro de 2014 ou em setembro de 2013 quando eu fiz a ligação? Grato.

Catarino Alves disse...

Edson
É data da ligação. Se tiver direito hoje, dia da ligação, o benefício será concedido nessa data e será pago os atrasados, caso tenha direito somente em 2014 o pedido será negado e terá que agendar de novo.

humbagomes disse...

Boa noite, Sr Catarino, estive em benefecio por quase 10 anos, agora em 20 de agosto de 2013, meu beneficio foi cessado, fiz uma defesa mas foi contestada, tenho direito a mais uma defesa,que esta agendada para o final desse mes, mesmo assim por morar no interior de spaulo, tentei entrar com um outro beneficio e tbem foi negado,mesmo tendo levado Laudo do hospital das clinicas que ainda me encontro em tratamento e tbem fazendo fisioterapia, agora segundo o atendente com foi negado o beneficio tenho que pagar uma guia da previdencia como individual, recebia o beneficio mais ou menos em cima de 2 salarios e meio, qto devo pagar se eu pagar sobre 1 salario minimo, tem alguma implicancia na hora de eu entrar com o pedido de aposentadoria especial, vi que o sr escreveu que quem paga previdencia individual não tem direito a aposentadoria especial, pelo meus calculos eu já tenho mais de 31 anos de contribuição, juntando periódo registrado mais esses 9 anos e pouco que estive no beneficio, poderia me dar mais detalhes a respeito,pois tenho que pagar o carne até dia 15 de outubro, aguardo resposta e mais uma vez parabens pela sua atitude de ajudar as pessoas. humberto

Catarino Alves disse...

Não existe atividade especial para autônomo, só empregado, assim o carnê que vai pagar é para retornar ao sistema como segurado, o valor você escolhe.

Edson disse...

Olá Catarino,
Recebi o resultado do processo da minha aposentadoria por tempo de contribuição, a mesma será concedida a partir de dezembro de 2012. como ficará meu salario, será calculado pelo salario de Dezembro de 2012 ou pelo salario atual? Obrigado

Catarino Alves disse...

Edson
A renda é pela média das contribuições desde 07/94 até o mês anterior ao início.

Edson disse...

Olá Catarino,
devido a demora no julgamento do meu processo, agendei uma nova entrada para fevereiro de 2014, só que agora saiu o resultado que foi favorável pra mim. esse agendamento que fiz para fevereiro de 2014 poderá cancelar o pedido que mim foi favorável? obrigado.

Catarino Alves disse...

Edson
Não tem nenhum problema, basta cancelar o agendamento que fez.

Edson disse...

Ok obrigado.

Edson disse...

Olá, bom dia.
Catarino, o meu processo de recurso contra previdência não teve intervenção de advogado. o processo já foi julgado e o resultado foi: ( Dar-lhe provimento por unanimidade). o processo foi enviado para o inss, será que o INSS pode recorrer desta decisão da JUNTA DE RECURSO? Obrigado.

Catarino Alves disse...

Edson
Sim o INSS pode recorrer a CAJ caso seja verificado alguma norma em que a junta contrariou.

Edson disse...

Olá boa noite, meu processo de recurso para aposentadoria por tempo de contribuição, foi julgado em 30/10/2013 e foi a meu favor ( dar-lhe provimento por unanimidade). O processo foi enviado ao INSS e o mesmo recebeu no dia 25/11/2013, até o momento não recebi nenhuma comunicação do inss, será que demora muito para o inss enviar a carta de concessão? obrigado.

Catarino Alves disse...

Edson
É bem demorado, antes o INSS analisa se o julgamento da junta não apresenta alguma irregularidade e, caso positivo, entra com recurso a instância superior.

Edson disse...

Olá, Catarino.
Estou com uma dúvida. Se minha aposentadoria sair a partir de dezembro de 2012 com um salario de 2mil reais, terei um retroativo de 24 mil. Só que recebi auxilio acidente por um período de 5 meses no valor de 3 mil reais que dá um total de 15mil. Esses 24 mil de retroativo será abatido o valor do benefício auxilio acidente? Obrigado.

Catarino Alves disse...

Edson, tudo será ajustado no final do processo.