QUERO DOAR R$ 10,00
by

A importância das denúncias à Ouvidoria do INSS.

A importância das denúncias à Ouvidoria do INSS

A participação dos cidadãos no combate às fraudes na Previdência Social, INSS, é muito importante. É a partir das denúncias feitas que são encontrados muitos fraudadores. Veja abaixo a notícia que foi publicada no site da Previdência sobre os resultados das denúncias recebidas. Faça sua denúncia na Ouvidoria e ajude o Brasil.

As denúncias feitas por cidadãos à Ouvidoria-Geral da Previdência Social (OGPS) resultaram em várias operações realizadas pela Força-Tarefa Previdenciária nos últimos três anos. As ações empreendidas interromperam práticas ilícitas contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que oneravam os cofres públicos e prejudicavam segurados.

Os resultados obtidos com as operações, todas iniciadas a partir de denúncias de segurados feitos à Ouvidoria-Geral da Previdência Social, ressaltam a importância do órgão como ferramenta de defesa dos direitos do trabalhador brasileiro. 

As últimas nove operações originadas em denúncias feitas à OGPS, por exemplo, resultaram em 80 mandados de prisão de envolvidos e 122 mandados de busca e apreensão. A maior parte das irregularidades investigadas envolvia fraudes para a obtenção de benefícios. Mas também figuravam corrupção, estelionato e extorsão de segurados por pessoas que agiam como “facilitadores”, nos casos em que o cidadão tinha benefícios atrasados a receber do INSS. Somados, os prejuízos estimados nessas nove ações chegam a mais de R$ 26 milhões. 

As operações foram conduzidas por servidores do Ministério da Previdência Social, policiais federais e membros do Ministério Público Federal, que integram a Força-Tarefa. Essas investigações específicas resultantes de denúncias à Ouvidoria – algumas duraram mais de um ano – abrangeram 31 municípios dos estados de Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraíba, Paraná e São Paulo. 

Ouvidoria - A OGPS é a maior ouvidoria pública da América Latina, e recebe uma média mensal de 16 mil manifestações, sendo 8,7% denúncias. Somente nos últimos 18 meses foram recebidos 22,4 mil registros dessa natureza. Todos os casos foram encaminhados para as áreas responsáveis pela apuração das irregularidades, mantendo o sigilo do denunciante, que não precisa se identificar. 

São quatro os canais pelos quais o segurado pode entrar em contato com a Ouvidoria, para fazer reclamações, denúncias, sugestões e elogios. Pela Central 135, basta teclar a opção 3 no menu eletrônico. Pela internet, o cidadão deve entrar na página da Previdência na internet (www.previdencia.gov.br) e clicar em “Ouvidoria-Geral”. As outras formas de contato são o envio de correspondência ou se manifestar pessoalmente, na sede do órgão, em Brasília. 

Saiba mais sobre os benefícios do INSS no site: BENEFÍCIOS DA PREVIDÊNCIA

20 comentários :

Anônimo disse...

gostaria de fazer uma denuncia sobre fralde de beneficio do inss. como faço.

Catarino disse...

É só clicar em Ouvidoria-Geral, em destaque, e preecher os dados ou ligar para o 135.

OTAVIO CARVALHO disse...

COMO FAÇO PARA DENUNCIAR UM CIDADÃO QUE ESTA RECEBENDO BENEFICIO COMO MOTORISTA E EXERCE A FUNCÃO NORMALMENTE ; ELE TEM UMA FERIDA NO PÉ É NADA O IMPEDE DE TRABALHAR E RECEBER O BENEFICIO NORMALMENTE...

Catarino Alves disse...

No artigo explico como deve proceder para fazer sua denúncia.

Rudi Berlet disse...

Fiz uma denúncia não anônima na Ag. do Inss em Cruz Alta RS. O sujeito TELMO CENEDEZZE era aposentado por invalidez. Mesmo aposentado trabalhava em serviço pesado fazendo e vendendo lenha. Perdeu a aposentadoria. Não fui eu que o "desaposentei". Foram feitas todas as perícias pelo INSS. Hoje sou PROCESSADO por esse cidadão. Meus advogados classificaram isso de "aventura jurídica".

Catarino Alves disse...

Rudi
Essas coisas podem acontecer, veja com seu advogado para levantar como que a pessoa tomou conhecimento do seu nome, se foi por parte do INSS pode pedir uma reparação.

manoel araujo disse...

gostaria de fazer duas perguntas, porem gostaria de obter respostas a elas. como faço? eu tenho uma denuncia que é uma bomba, e o povo ainda nao entende o porque que nao dao fim ao que esta ocorrendo.

Catarino Alves disse...

Manoel
Denúncia você deve fazer na ouvidoria do INSS ou na Polícia Federal.

Andrea Peres disse...

Quanto tempo para a ouvidoria julgar após a denuncia

Catarino Alves disse...

Andrea
Depende do tipo de denúncia, ligue para a Ouvidoria que eles te dirão do andamento.
Portal do Conhecimento Previdenciário

Mario pimentel disse...

Posso denunciar a mulher do meu tio que recebe aposentadoria sendo que a mesma nunca trabalhou e é muito bem de saúde.

Catarino Alves disse...

Mario
Pode sim, é só ligar para o fone 135

Rafael Xavier disse...

A denuncia pelo telefone fica sendo sigilosa, precisa se identificar? ou só fazer a denuncia mesmo?

Catarino Alves disse...

Rafael
A denúncia é sigilosa, não sei se aceitam que seja anônima.

Aureo Costa disse...

Bom dia Catarino. Meu nome é Áureo Costa, Porto alegre, graduado em processos gerenciais e pós em gestão pública e planejamento. Ocorre que, minha ex mulher acionou-me já justiça pedindo 30% dos meus rendimento, pois ela não está satisfeita com os valores que eu sempre regularmente paguei mediante recibo, e num primeiro momento recebi uma notificação do oficial de justiça onde já está determinado que seja descontado (já faz quatro meses) 20% mais o pagamento do convênio médico o qual sempre o fiz e isto tudo está representando atualmente 25% do percebo mensalmente. Eis que, tenho uma filha que é considerada uma criança especial e recebe do INSS o LOAS, já concedido desde aproximadamente o ano 2000. Ocorre que, fiquei sabendo por intermédio de uma pessoa amiga da família e que na época ajudou a minha ex a procurar os meios para conseguir o benefício, que no momento da perícia, foi alegado que ela não trabalhava, portanto não tinha rendimento algum e que o pai da menina tinha paradeiro desconhecido, e isto não é verdade pois viemos a nos separar apenas em 2009 e eu acho isto muito errado, até porque sempre fui correto dei sustento para a família trabalhando em dois serviços, além do que tenho como comprovar que eu não era ausente pois, tenho como provar através do convênio médico que sempre paguei, que na época referida eu fazia as quitações mensais. O que pode ocorrer com esta pessoa se eu denunciar este fato o qual considero uma fraude, além de uma afronta a minha pessoa, meu caráter, minha integridade??? Aguardo sua resposta.

Catarino Alves disse...

Áureo
Se o valor que paga a elas soma mais que 1/2 salário-mínimo ela não tem direito ao loas, se for denunciada perde o benefício.

Nalva Souza disse...

Sr. Catarino, queira por gentileza me informar, como devo proceder para fazer um denuncia sobre dois emprestimos consignados feitos em minha aposentadoria sem que eu tenha permitido, quando o correto seria uma portabilidade com com credito de saldo m minha corrente, já fiz uma reclamação na ouvidoria e a resposta que me veio foi totalmente o oposto, deram como improcedente a minha reclamação, dando como certo o que o banco panamericano fez juntamente com um correspondente deles uma empresa chamada credcerto, devo ir á Brasilia para conversar pessoalmente ou isso só iria me dar mais prejuizos com viagem, uma vez que sou da Capital de São Paulo, se for possivel, me dê as coordenadas para eu chegar na Oouvidoria de Brasilia, se devo agendar alguma coisa ou simplesmente ir até lá, muito obrigada pela sua ajuda - Lindenalva ALves de Souza

Consultor Previdenciário disse...

Nalva
Não adianta ir falar na ouvidoria, se não concorda terá que procurar um advogado e tentar na justiça.
QUERO DOAR R$ 10,00

Silmara Servidone disse...

Tem uma mulher que recebi um autilizo doença aqui em Campina verde MG aviso não tem nada vai ao prosto socorro todos os dias tomar medicação como pra falar que está doente não tem nada vive tomando clorazepan pra ficar do padaria recele bolsa família 320 reais as crianças quase não vai a escola tem laudos mas que não tem nada vai todos os dias tomar medicação e drogada judia das crianças tanta gente precisa e ela recebendo este dinheiro fora a pensão das crianças façam alguma coisa

Consultor Previdenciário disse...

Silmara

Você pode denunciar na Ouvidoria pelo fone 135